22/9/19
 
 
Suu Kyi defende prisão de jornalistas da Reuters

Suu Kyi defende prisão de jornalistas da Reuters

AFP Jornal i 13/09/2018 12:23

Questionada sobre a prisão dos jornalistas da Reuters, Suu Kyi disse que os jornalistas foram presos porque violaram a lei.

Esta quinta-feira, durante o Fórum Económico Mundial, a líder de Myanmar foi questionada sobre o caso dos dois repórteres da agência de noticias da Reuters e disse que estes “não foram presos por serem jornalistas, mas porque o tribunal decidiu que eles violaram a lei”.

“Questiono se muitas pessoas leram o resumo do julgamento que não tinha nada a ver com a liberdade de expressão, mas sim com a lei dos segredos oficiais”, disse Aung San Suu Kyi.

Os dois jornalistas foram detidos em Dezembro do ano passado pela investigação do massacre dos rohingya e condenados no dia 4 de Setembro por violação da “lei dos segredos oficiais”, uma lei com data de 1923. Wa Lone, de 31 anos, e Kyaw Soe Oo, de 27, foram acusados de ter recebido documentos secretos de dois polícias que estavam colocados no estado de Rakhine.  

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×