24/9/18
 
 
Montijo. Filha da professora queria cobrar renda no valor de 350 euros a inquilina após cometer crime

Montijo. Filha da professora queria cobrar renda no valor de 350 euros a inquilina após cometer crime

Facebook Jornal i 11/09/2018 21:43

Amélia Fialho foi encontrada, na passada quinta-feira, morta no Montijo

Os autores do crime – a filha e o genro da professora - encontram-se em prisão preventiva após terem alegadamente cometido o crime.

Dois dias após ter cometido o crime, segundo conta a inquilina à SIC, a filha da mulher, Diana, queria cobrar a renda de apartamento que mãe tinha no Montijo. A inquilina Sílvia Vilelas revelou à SIC que a filha adotiva da professora Amélia Fialho foi comunicar o desaparecimento da mãe “alegre demais” , quando tentou ir recolher a renda dois dias depois de ter cometido o crime.

Sílvia Vilelas afirma que pagava uma renda de 350 euros por mês e que só não a entregou a Diana, porque esta não apareceu com o recibo assinado pela mãe.

Recorde-se que o corpo da professora foi encontrado totalmente carbonizado.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×