19/11/18
 
 
Elsa Judas e Trindade Barros expulsos de sócios do Sporting

Elsa Judas e Trindade Barros expulsos de sócios do Sporting

DR Jornal i 07/09/2018 18:58

Em causa está a criação da Comissão Transitória da Mesa da Assembleia, um "orgão criado de forma abusiva criado pelo antigo conselho direto", segundo a Comissão de Fiscalização

A Comissão de Fiscalização (CF) do Sporting Clube de Portugal expulsou Elsa Judas e Trindade Barros de sócios do clube. A revelação foi feita através de um comunicado onde também é recomendada a expulsão de Bruno de Carvalho. 

Como justificação para esta decisão surge o papel abusivo de ambos na Comissão Transitória da Mesa da Assembleia Geral, "órgão criado de forma abusiva pelo antigo conselho diretivo", de acordo com o CF. 

"Esses órgãos baseavam-se em pareceres jurídicos sem fundamento elaborados por aquela que viria a ser a presidente da chamada CTMAG, Elsa Judas, no que foi coadjuvada por outro jurista e professor de leis, Trindade Barros. Uma Nota de Culpa foi emitida contra os participantes nesses órgãos fictícios, tendo a CF votado a expulsão do Clube desses dois membros que, como especialistas em Direito, não podiam desconhecer o dolo, o dano e o prejuízo que causaram ao Clube e a confusão e perplexidade criada aos seus Sócios. Para tanto, militou também o facto de, à data da assunção de funções, não terem as suas quotas regularizadas", lê-se no comunicado. 

Quanto a Bruno de Carvalho, a CF afirma que "tendo em conta as continuadas violações regulamentares e estatutárias, a instabilidade criada com factos falsos e os ataques constantes aos órgãos sociais legítimos do Sporting" este devia ser expulso da condição de sócio do Sporting.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×