16/11/18
 
 
Compras. Portugueses compram em cima da hora, mas não deviam

Compras. Portugueses compram em cima da hora, mas não deviam

02/09/2018 11:47

Estudo revela que a maioria faz as compras apenas duas semanas antes do início das aulas

Para tornar as contas dos portugueses mais fáceis de fazer existem sites comparadores de preços e é imperativo e útil que se esteja atento às campanhas de regresso às aulas que proliferam nas superfícies comerciais. Das maiores às mais pequenas, não há nenhuma que não tente atrair as famílias com cabazes económicos que têm o essencial para a escola. 
Uma das escolhas mais difíceis para as crianças e, em consequência para os pais, é a da mochila. Já há muito tempo que deixaram de ser usadas apenas em ambiente escolar. São, acima de tudo, uma questão de estilo e de modas. E a escolha normalmente é feita com base no que passa na televisão ou no cinema. As mochilas passaram a ser usadas como um acessório, objeto de desejo para os estudantes das mais variadas idades e a oferta não podia ser mais diversificada.

Além das mochilas, também os cadernos e outro tipo de material escolar é escolhido com base nos mesmos critérios. A nova moda para as raparigas são as personagens da família Disney como, por exemplo, as protagonistas do filme de animação Frozen. Enquanto os rapazes continuam ligados a personagens mais antigas como o Homem Aranha ou as Tartarugas Ninja.

Para trás ficam os anos em que todo o conjunto escolar da Hannah Montana ou da Hello Kitty lideravam os tops de vendas em Portugal e um pouco por todo o mundo. A verdade é que, seja qual for a moda, os gastos em material escolar pesam no bolso dos portugueses, quando chega finalmente a altura do regresso às aulas.

Na lista de dicas para conseguir poupar está a compra deste tipo de cabazes oferecidos pelas grandes superfícies comerciais. Neste caso, as modas deixam de contar porque a prioridade é esquecer as personagens da moda e escolher as marcas brancas que o mercado disponibiliza. Ter tempo para escolher também é boa ideia, ainda que um estudo recente revele que a maioria das famílias costuma fazer grande parte das compras duas semanas antes do início das aulas.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×