21/11/18
 
 
José Cabrita Saraiva 30/08/2018
José Cabrita Saraiva
Opiniao

jose.c.saraiva@newsplex.pt

Devemos mesmo tornar-nos abstémios?

Será que, da próxima vez que fizermos um brinde, devemos dizer “Doença!” em vez de “Saúde”? É que, ao que parece, o álcool não faz bem nenhum ao nosso organismo. Mesmo quando ingerido em quantidades pequenas.

Pelo menos são essas as conclusões de um estudo financiado pela fundação de Bill Gates e publicado há poucos dias pela “bíblia da medicina”, a revista Lancet. Segundo os investigadores, não existe um “nível seguro” de álcool que se possa beber sem quaisquer riscos para a saúde.

São más notícias para quem gosta de beber um copo de vinho ou uma cerveja à refeição...

Mas será por isso que devemos tornar-nos abstémios intransigentes? De todo. O álcool é consumido pelo Homem há milhares de anos - veja-se os egípcios, que já produziam cerveja, os filósofos gregos Sócrates e Platão, que eram notórios beberrões, já para não falar de outras grandes figuras mais próximas que apreciavam beber o seu copo -, ou seja, foi testado por sucessivas gerações. Mas, além deste histórico que joga a seu favor, há o bom senso: afinal de contas, sempre foi melhor conselheiro do que o fanatismo.

Peguemos noutro caso comparável - o sol. Todos sabemos, e não é demais repeti-lo, que em excesso as radiações solares provocam o envelhecimento da pele e doenças graves. Mas, em quantidades moderadas (e às horas certas), contribuem para produzir vitamina D. Nesta edição, um especialista aconselha mesmo a tomar banhos de sol diários de vinte minutos, sem protetor solar, para diminuir o risco de contrair diabetes.

Estou seguro de que, mais cedo ou mais tarde, acabará por concluir-se algo parecido em relação ao vinho: em quantidades moderadas, é benéfico para a saúde. Os estudos médicos, para já, podem dizer o contrário. Mas a ciência é sempre provisória e está sujeita a revisão, enquanto a sabedoria popular é como certos vinhos: só melhora com o tempo.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×