23/9/18
 
 
Caça ao homem continua. “Entregue-se, o senhor precisa de apoio”

Caça ao homem continua. “Entregue-se, o senhor precisa de apoio”

João Porfírio Jornal i 28/08/2018 20:20

GNR envia mensagem a homicida que matou mulher esta terça-feira, em Quiaios, e que se encontra em fuga. As autoridades não sabem se o suspeito se encontra, ou não, armado. 

 

O homem, suspeito de ter assassinado, esta terça-feira, a mulher, continua fugido às autoridades.

A GNR fez, ao final desta tarde, um ponto de situação sobre o assunto – que teve lugar na manhã desta terça-feira numa habitação em Quiaios, na Figueira -, e deixou uma mensagem de apelo ao alegado homicida.

O responsável, o tenente-coronel Armindo Henrique, revelou que o suspeito do crime tem 53 anos, que não é conhecido por “atos violentos”, e que a vizinhança o considera uma pessoa “calma”.

O responsável da GNR pediu às pessoas que não entrem “em pânico” e, através da televisão, enviou uma mensagem ao suspeito: “A sua família está preocupada, o senhor precisa de apoio, entregue-se”.

A GNR informou ainda que o suspeito tem duas caçadeiras, que foram encontradas na sua habitação, assim como outras duas que, apesar de não lhe pertencerem, são de um familiar seu. O tenente-coronal especificou que três das armas se encontravam no interior da casa e uma outra no exterior, junto ao corpo da mulher assassinada hoje.

Recorde-se que, o crime ocorreu hoje ainda antes das 08h00 da manhã, tendo o alerta sido dado para as autoridades pelo filho do casal que estava em casa no momento do homicídio.

O marido da vítima é o principal suspeito e fugiu a pé logo após ter feito um disparo na direção do peito da mulher, que lhe provocou a morte.

A GNR disse ainda que não sabe se o suspeito, que está a monte, se encontra – ou não - armado.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×