17/11/18
 
 
Internet. O ritual dos desafios virtuais mais perigosos

Internet. O ritual dos desafios virtuais mais perigosos

DR Edilson Coutinho 27/08/2018 20:51

Os desafios da internet estão cada vez mais na moda e à medida que surgem novos jogos virtuais, o risco aumenta. Sabia que até o desafio da canela, aparentemente inofensivo, é prejudicial para a saúde? O i reuniu os desafios mais perigosos que se encontram online e o mais recente até já teve reações por parte das autoridades portuguesas

In My Feelings Challenge

O último desafio viral parece ser simples: dançar ao som de uma música do rapper Drake. Mas a dificuldade aumenta à medida que as regras surgem. A coreografia tem de ser feita ao lado ou por cima de veículos em movimento. O vídeo com mais visualizações pertence ator Will Smith que subiu a Ponte das Correntes, na cidade de Budapeste, na Hungria. Mas nem tudo parece correr bem: três influenciadores digitais foram detidos ao praticarem a coreografia, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Em Portugal, o cantor David Carreira também aderiu à brincadeira e poderá ver-se obrigado a pagar uma coima no valor de 300 euros. Recentemente, a PSP partilhou um vídeo na página oficial do Facebook, onde desaprova a “prática de atos que comprometam a segurança, a visibilidade ou comodidade dos utilizadores da via”.

Baleia azul

A única parecença que este desafio tem com a grandeza do mamífero marinho é a gigante lista de passos que o jogador tem de realizar, antes de cometer o suicídio. Cortar o braço e o lábio, subir um telhado de madrugada, furar a mão com uma agulha e ver filmes de terror, são algumas das etapas. A Baleia Azul fez as primeiras vítimas na Rússia e tomou proporções mundiais. No ano passado, em Portugal, uma jovem de 18 anos saltou de um viaduto para a linha férrea do Algarve, na zona das Ferreiras, em Albufeira, mas sobreviveu. No Porto, uma menor foi internada no Hospital de São João, com ferimentos na mão, braço e peito, após participar no jogo da morte. A GNR registou 27 ocorrências que envolvem o jogo, em 2017. Tendo resultado na hospitalização de 15 jovens, com idades compreendidas entre os 11 e os 16 anos, por suspeita de automutilação.

Neknomination

Este jogo nasceu na Austrália e rapidamente percorreu o mundo. Consiste em ingerir, de uma só vez, 500 ml de bebida alcoólica. A única regra é que se misturem diferentes tipos de bebidas, de modo a provocar automaticamente a inconsciência do jogador. Na Inglaterra o jogo matou duas pessoas, após participarem no desafio viral. Existem muitos vídeos onde as pessoas consomem grandes quantidade de álcool e ficam aparentemente embriagadas. Mas há também outros casos onde as pessoas não adicionam só líquidos à mistura: o britânico Gavin Hope acrescentou pimenta, ovos crus e comida de peixe à cerveja com tequila e acabou por ser condenado em tribunal por, em seguida, ter engolido um peixe vivo.

Desafio da fita-cola

Aparentemente inofensivo o desafio da fita-cola pode provocar lesões muito graves. O jogo consiste em atar os membros superiores e inferiores com fita-adesiva e a pessoa que está presa tem de conseguir libertar-se o mais rápido possível. Os movimentos que o jogador faz ao lutar pela própria liberdade, pode provocar acidentes com graves consequências. O caso mais dramático deste desafio viral foi o do jovem Skyler Fish, de 14 anos, que decidiu aderir ao desafio da fita-cola na escola onde estudava na altura. Quando se desequilibrou e bateu com a cabeça no caixilho de metal de uma janela, o rapaz ficou inconsciente e foi hospitalizado com um aneurisma e problemas acentuados nos nervos de um dos olhos.

Jogo da asfixia

Neste desafio, existem pelo menos duas pessoas. O jogador pede a ajuda de outro participante para pressionar os seus pulmões com tanta força, até expulsar todo o ar do corpo, de modo a ficar inconsciente. Mas a loucura deste jogo pode tomar outras proporções quando se fala em asfixia - também praticado em atos sexuais para se conseguir o orgasmo mais intenso. Por exemplo, há relatos de jovens que quebram o fluxo de oxigénio com um saco de plástico na cabeça ou, novamente com a ajuda de outra pessoa, com uma almofada a tapar a boca e o nariz. Este jogo é procurado pelas pessoas que tem curiosidade em saber qual é a sensação de um desmaio, mas o número de mortes tem sido cada vez mais altas. Nos EUA, 672 pessoas acabaram mortas após jogarem, na França dez mortes foram registadas em função do jogo da asfixia e no Canadá e no Brasil duas pessoas perderam a vida neste jogo.

Desafio do fogo

Ao contrário do Neknomination, onde as pessoas têm de ingerir líquidos, no desafio do fogo os líquidos são espalhados pelo corpo. Neste caso, têm de ser substâncias inflamáveis para depois, com a ajuda de um isqueiro ou de um fósforo, literalmente incendiar o corpo. As queimaduras que o desafio provoca no corpo são quase automáticas, sendo que muitas vezes os participantes são logo de seguida encaminhados para o hospital. Existem vários relatos das consequências, mas foi o vídeo de um rapaz do Kentucky, nos Estados Unidos, que teve mais visualizações: após a brincadeira sofreu queimaduras de terceiro grau e partilhou o desafio na internet a título de exemplo. O rapaz admitiu nas redes sociais que não pensou nas consequências.


 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×