22/9/18
 
 
50% das crianças sem vaga nas creches

50% das crianças sem vaga nas creches

Dreamstime Jornal i 27/08/2018 12:12

“A base do problema está no edificado que não corresponde às necessidades demográficas”,  revelou o presidente-adjunto da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social

“O número total de vagas em creches diminuiu este ano”, lê-se hoje na edição do Jornal de Notícias (JN). Esta informação contraria a tendência das últimas décadas e vem dificultar a vida das famílias, “sobretudo nos grandes centros urbanos”. O JN avança que “apenas metade das crianças até aos três anos tem resposta”.

De acordo com os dados recolhidos pela mesma publicação, no total do mês de abril, a “capacidade instalada” era de 114.108 lugares: “87.247 em acordos de cooperação e 26.861 em creches privadas”. Recorde-se que, o serviço de creche é sempre privado, havendo por vezes uma cooperação do Estado.

Agora, no próximo ano letivo, o JN dá conta de menos 16.7999 vagas nas creches privadas, apontando como este a fonte do problema, visto que nos últimos nove anos 26% destas encerraram.

No entanto, o número de vagas nas instituições apoiadas pelo Estado aumentou, mas não consegue fazer frente ao problema. De acordo com o jornal, “ a taxa de cobertura média das creches em Portugal mantém-se na ordem dos 50% (dados de 2016), o que significa que não há resposta para metade dos bebés até aos três anos”.

Ao JN, o presidente-adjunto da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social, João Dias, revela que “a base do problema está no edificado que não corresponde às necessidades demográficas”, acrescentando que “há instalações em sítios onde não há necessidade e vice-versa. E é assim porque as necessidades também se deslocaram”.

O Ministério do Trabalho e da Segurança Social garantiu à fonte que reforçou a oferta e que entre 2016 e 2018 foram acordados mais 3000 lugares em creches.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×