20/9/18
 
 
Comboios. Greve da IP vai causar “fortes perturbações” por todo o país

Comboios. Greve da IP vai causar “fortes perturbações” por todo o país

José Sérgio Jornal i 24/08/2018 12:08

Esta greve abrange os operadores ferroviários da CP, Fertagus, Medway e Takargo

A Associação Sindical dos Profissionais do Comando e Controlo Ferroviário (APROFER) decretou, para a próxima semana, três greves que vão levar a “fortes perturbações” no que diz respeito à circulação de comboios, informam a CP- Comboios de Portugal e a Fertagus, em comunicado.

Já com os serviços mínimos decretados, a CP emitiu um comunicado no seu site onde avisa todos os passageiros de que, devido à greve dos trabalhadores das Infraestruturas de Portugal (IP) - dias 27,29 e 31 de agosto -, vai sofrer "fortes perturbações" na circulação de comboios.

Relativamente à Fertagus, os trabalhadores vão realizar uma paralisação para reivindicarem o reconhecimentodos serviços de supervisão e de operação de comboios e da permanência geral de infraestruturas ferroviárias dos centros de comando operacional da IP do Porto, Lisboa e Setúbal.

A greve pretende chamar à atenção do Governo para uma "postura de boa fé negocial que permita a negociação coletiva",segundo a agência Lusa.  

A "prática reiterada de recurso à sabotagem das negociações, através de simulação de entendimentos e acordos escritos, que tardam a ser cumpridos e que resultam na degradação das relações laborais, no poder arbitrário de conduta no funcionamento dos postos de trabalho, na degradação da saúde dos trabalhadores e por fim na banalização de tratamento, num processo de trabalho, do qual dependem a segurança e a pontualidade" dos serviços ferroviários, critica a APROFER.

Esta greve abrange os operadores ferroviários da CP, Fertagus, Medway e Takargo.

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×