20/9/18
 
 
United-Tottenham. Mourinho sem margem para falhar

United-Tottenham. Mourinho sem margem para falhar

Dreamstime Laura Ramires 24/08/2018 11:41

Prova de fogo para os red devils, numa altura em que sobem de tom as críticas ao treinador português

José Mourinho continua no centro das atenções na Liga inglesa e não é pelas melhores razões: dias depois do L’Equipe ter revelado que Zidane pretendia o lugar do técnico português para a próxima época, o Manchester United caiu com estrondo, no domingo, na 2.ª jornada da prova (saiu derrotado por 3-2 diante do Brighton). Ainda assim, e apesar da alegada pressão no sentido de apresentar com urgência bons resultados desportivos, a direção dos red devils veio manifestar o seu apoio ao português, com quem tem contrato até 2020, garantindo que o lugar não está à disposição. Além da primeira derrota desta época, recorde-se, a relação do Special One com os jogadores, com destaque para Pogba, foi outro dos temas em debate ao longo da semana. O alegado mal-estar entre o atleta e Mou foi, porém, prontamente desmentido pelo próprio orientador dos diabos vermelhos. 

A verdade é que o momento é particularmente complicado para José Mourinho. E o técnico português não podia ter melhor desafio em agenda: a 3.ª jornada da Premier League fecha, na segunda-feira, com o jogo grande entre United e Tottenham, em Old Trafford. 

Quando sobem de tom as críticas a Mourinho, pode dizer-se que um triunfo ante os spurs é obrigatório para tirar o técnico debaixo de fogo. 

Ainda em solo inglês, destaque para o Manchester City, de Bernardo Silva, que, este sábado, vai deslocar-se ao reduto da equipa mais portuguesa da Premier League, o Wolverhampton, liderado por Nuno Espiríto Santo. 

CR7 à procura do primeiro golo Depois de ter ficado em branco na sua estreia oficial ao serviço da Juventus, jogo em que os bianconeros venceram o Chievo em Verona por 3-2, Cristiano Ronaldo procura faturar o seu primeiro golo já este sábado, dia em que a Juve recebe a Lazio, na 2.º jornada da Serie A. 

De resto, nesta quarta-feira, o internacional português confessou, em entrevista concedida à plataforma de streaming DAZN, o seu desejo em vencer a Liga dos Campeões, troféu que conquistou nos últimos três anos com o Real Madrid, com a camisola do heptacampeão italiano.

Já na Liga francesa, Miguel Cardoso continua na luta pela primeira vitória da temporada. Depois de ter entrado com o pé esquerdo na primeira jornada da Ligue1, - em que o Nantes saiu derrotado por 3-0 no jogo com o Mónaco de Leonardo Jardim, - e de ter perdido novamente na passada semana, no terreno do Dijon, o antigo técnico do Rio Ave  defronta amanhã o Caen, na 3.ª ronda da prova francesa.
 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×