16/11/18
 
 
A reabilitação de Rúben e a magia de Quaresma

A reabilitação de Rúben e a magia de Quaresma

Bruno Venâncio 20/08/2018 19:55

Rúben Semedo alinhou nos últimos 13 minutos da histórica vitória do Huesca - a primeira de sempre na liga espanhola. Já Quaresma fez duas assistências e marcou de penálti

A primeira jornada da liga espanhola, além do hat-trick de André Silva, ficou ainda marcada pelo regresso de outra esperança do futebol português aos relvados: Rúben Semedo. O central formado no Sporting entrou aos 77 minutos do encontro entre o Eibar e o Huesca, de modo a ajudar a defender a curta mas preciosa vantagem dos visitantes, que acabariam mesmo por vencer por 2-1 no que foi o seu primeiro jogo de sempre na I liga espanhola.

Rúben Semedo não fazia um jogo oficial desde 10 de dezembro de 2017, num encontro entre o Villarreal e o Barcelona onde até se lesionou com gravidade aos 48 minutos. Seguiu-se uma paragem prolongada por esse motivo... e também por ter sido detido num estabelecimento prisional em Valência, sob acusações de tentativa de homicídio, sequestro e extorsão: esteve 142 dias preso, até conseguir liberdade condicional no dia 16 do passado mês de julho, e rapidamente foi apresentado no Huesca, que representará esta temporada por empréstimo do Villarreal. A estreia acabou por sorrir ao central de 24 anos, que até defrontou um antigo colega de equipa e de setor: Paulo Oliveira foi titular no centro da defesa do Eibar, onde alinhou ainda o avançado Bebé. No Huesca, Luisinho, outro ex-jogador do Benfica, cumpriu os 90 minutos no lado esquerdo da defesa.

Mais a leste, destaque para Ricardo Sá Pinto, que conseguiu a primeira vitória ao segundo jogo enquanto treinador do Légia de Varsóvia, depois do empate na estreia frente ao Dudelange que ditou o precoce adeus às competições europeias. Desta feita, o campeão polaco – com o médio português Cafú (ex-Benfica e Vitória de Guimarães) no onze – venceu o Sosnowiec (2-1), em jogo da quinta jornada do campeonato, e ascendeu ao quarto lugar, a dois pontos do líder Lech Poznan, goleado em casa pelo Wisla Cracóvia (2-5) depois de ter estado a vencer por 2-0. O primeiro golo do jogo, refira-se, foi apontado aos oito minutos pelo extremo luso João Amaral, ex-Benfica e Vitória de Setúbal, que soma já três golos em sete jogos no clube polaco onde alinha igualmente Pedro Tiba. A um ponto do topo está o Lechia Gdansk, que continua com Flávio Paixão em grande: o avançado português fechou a contagem no triunfo no terreno do Gornik Zabrze (0-2) e tem já três golos em cinco jogos esta temporada.

Na Turquia, noite mágica de Ricardo Quaresma. O internacional português assistiu para os dois primeiros golos do Besiktas na vitória no terreno do Erzurum, por 3-1, e apontou ele mesmo o terceiro golo aos 86’, de penálti – Pepe também alinhou pelas águias negras, que somam por vitórias os dois primeiros encontros. Já o Ankaragucu foi a casa do Alanyaspor vencer por 2-0, com o lateral-esquerdo português Tiago Pinto a fechar o resultado ao minuto 89.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×