21/9/18
 
 
Dez atividades para manter os seus filhos entretidos este verão

Dez atividades para manter os seus filhos entretidos este verão

Dreamstime José Cabrita Saraiva 19/08/2018 13:41

Tem crianças em casa e não sabe como ocupar o tempo com elas? Da caça ao tesouro a uma encenação com direito a palmas no final, passando por enviar postais personalizados aos amigos, damos-lhe dez sugestões para uma manhã ou uma tarde bem passada em família

Fazer um bolo
As crianças adoram sujar as mãos, por isso fazer a massa de um bolo vai dar direito a diversão garantida. Um pão-de-ló é o mais simples: depois, se estiver a correr bem, pode ir mais longe e decorar com chantili e morangos ou até com smarties - se os pais não tiverem problemas com os doces... Claro que os mais pequenos vão ficar impacientes com o tempo que o bolo vai ter de ficar no forno a cozer, mas quando puderem comê-lo e apreciar o fruto do seu trabalho vão perceber que valeu a pena.

Caça ao tesouro
Pode começar por fazer um mapa que ajude as crianças a orientar-se na caça e, em seguida, esconder pequenas mensagens que remetam para o passo seguinte ou coloquem desafios simples (como cantar uma canção, encestar um papel no lixo ou dobrar uma peça de roupa) que têm de ser superados. Num apartamento, pode esconder as pistas em gavetas, coladas debaixo de uma mesa ou dentro de um livro - com a ajuda do adulto, as crianças acabarão por chegar lá. Numa vivenda pode dar largas à sua imaginação. Claro que, para não defraudar as expectativas do seu filho, no final deverá mesmo haver um tesouro - seja um mini-presente, uma pequena quantia em dinheiro ou uma guloseima.

Fazer pipocas e ver um filme
Para uma criança, há qualquer coisa de mágico em colocar alguns grãos de milho numa panela, ouvir o som dos grãos a estalar lá dentro e, ao abrir a tampa, deparar-se com uma multidão de pipocas apetitosas. Se a esse ‘número de magia’ se seguir uma sessão de cinema em família, as pipocas vão saber ainda melhor.

Teatro de fantoches
O processo envolve vários passos e vai manter todos ocupados por muito tempo. Primeiro é preciso escolher ou criar uma história. Depois pode optar por fantoches comprados ou por fazer os seus próprios fantoches com pequenos pedaços de pano cortado e muita imaginação. Por fim, há que encenar a peça propriamente dita, com direito a público e a uma salva de palmas para os criadores.

Enviar postais para os familiares e amigos que estão de férias
É uma forma de se manter em contacto com aqueles de quem mais gosta. Em vez de enviar postais adquiridos na tabacaria, pode fazer postais personalizados: basta ter cartão, recortar à medida e pedir aos seus filhos para fazerem um desenho esmerado. Nas costas, as crianças podem escrever ou ditar algumas palavras simpáticas para os amigos e familiares, e contar o que têm feito no dia-a-dia. Pode ser que em troca recebam um telefonema ou mesmo um postal na caixa do correio. Colar o selo e ir aos correios enviar o postal também faz parte da atividade.

Participar nas tarefas domésticas
A vida não se faz só de brincadeiras e não faz mal nenhum que as crianças percebam isso logo em pequenas. Mas as tarefas domésticas também não têm de ser aborrecidas! Levar a roupa para o cesto da roupa suja, separar o lixo para a reciclagem ou levar os talheres para a mesa são pequenas rotinas que não custam nada e que podem dar aos mais pequenos uma sensação de realização. Se os pais tiverem carro, lavar o carro também pode ser uma boa forma de ocupar o tempo. As crianças adoram mexer na água e ficarão satisfeitas no fim ao ver o automóvel da família a brilhar.

Semear planta 
E que tal uma pequena lição sobre a natureza? Nunca é cedo demais para ensinar as crianças a semear e cuidar das plantas. Elas vão gostar de mexer nas sementes, de fazer o buraco, de colocar as sementes na terra e de regar tudo no final. Claro que vão seguramente impacientar-se com o tempo que a planta demora a crescer, mas isso faz parte da aprendizagem. E assim que virem o primeiro rebento verde a brotar da terra perceberão que a espera não foi em vão.

Almoçar em modo piquenique
A comida tem outro sabor ao ar livre e todos apreciam um piquenique num jardim ou debaixo dos pinheiros. Mas se não puder sair de casa não há problema: basta arranjar uma tenda ou outro local improvisado que dê aos mais pequenos uma sensação de aventura. E eles também podem ajudar a preparar as sandes, a salada ou um sumo de fruta espremida.

Recortes e colagens
Pode usar cartolina, jornais velhos ou papel comum - só não convém estragar livros… Com a supervisão de um adulto, as crianças conseguem literalmente desenhar com a tesoura, fazendo recortes de figuras à medida da sua imaginação. Das suas mãos pode nascer um jardim zoológico de papel, uma equipa de futebol ou uma frota de automóveis superdesportivos. E, se gostarem de pintar, as figuras ficarão ainda mais realistas. Por fim podem fixar os recortes a uma base de cartão, para não se dispersarem. Só é preciso ter atenção às tintas, às tesouras e aos tubos de cola para não haver surpresas.

Experiências de química
A experiência mais clássica e a mais segura para fazer com crianças é a do vulcão. O processo é relativamente simples: pode modelar o cone do vulcão em cartolina; no interior, coloque uma garrafa PET cheia até metade com água morna, um pouco de detergente para a loiça e bicarbonato de sódio. Depois, basta deitar algumas gotas de vinagre para que o vulcão entre em erupção. Se quiser que a lava se pareça mais com lava real, basta juntar corante encarnado. Se os seus filhos se interessarem por ciência, pode também lhes pode mostrar, por exemplo, vídeos da NASA que mostram os astronautas a realizar atividades do seu quotidiano como lavar a cabeça ou dormir sem gravidade.
 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×