19/11/18
 
 
Vieira da Silva: "Há todas as expectativas para podermos vir a ter um valor anual que seja inferior àquele que o Governo estimou"

Vieira da Silva: "Há todas as expectativas para podermos vir a ter um valor anual que seja inferior àquele que o Governo estimou"

Miguel Silva Jornal i 30/07/2018 14:51

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, reagiu hoje à diminuição "muito significativa" dos números da taxa de desemprego, e admitiu que a taxa anual pode ficar abaixo daquela que foi estimada pelo Governo.

Os dados revelados esta manhã pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram que a taxa de desemprego relativa ao mês de maio fixou-se nos 7% (menos 0,1 pontos percentuais do que no mês anterior).

Comparando com o mês de maio do ano passado, o desemprego diminuiu 2,2 pontos percentuais. O INE realça ainda que, no que diz respeito ao desemprego, só há números semelhantes a estes em outubro de 2002.

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, reagiu e acredita que o valor anual pode ser inferior ao que foi estimado pelo Governo.

"Há todas as expectativas para podermos vir a ter um valor anual que seja inferior àquele que o Governo estimou", declarou Vieira da Silva à Lusa.

De acordo com o ministro, os dados apresentados pelo INE confirmam assim os elementos da Segurança Social e do Instituto do Emprego "da continuação de uma significativa criação de emprego e diminuição do número de desempregados".

"Essa diminuição da taxa de desemprego é feita principalmente pela criação de emprego. O emprego cresce substancialmente e cresce mais do que a diminuição do desemprego. É um sinal extremamente positivo estes dados confirmarem uma descida da taxa de desemprego em maio", disse o ministro do Trabalho.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×