21/11/18
 
 
Criança detida no aeroporto foi reinstalada na Bobadela

Criança detida no aeroporto foi reinstalada na Bobadela

Carlos Diogo Santos 25/07/2018 21:05

Família requerente de asilo estava retida há 46 dias.

A família de marroquinos que estava no Espaço Equiparado a Centro de Instalação Temporária (EECIT) do Aeroporto de Lisboa há 46 dias, com uma criança de três anos, vai ser hoje instalada no Centro Português para Refugiados da Bobadela. Os dois adultos e a criança estiveram até hoje nas instalações do aeroporto e o SEF justifica que nada foi feito antes por não ter sido possível confirmar a identificação da família.

“No âmbito das diligências efetuadas pelo SEF, confirmou-se que os cidadãos, além de terem viajado juntos a partir de Marrocos, efetuaram reserva conjunta, presumindo-se que a identidade declarada e documentos registados em APIS (Advance Passenger Information System) correspondem à identidade declarada à chegada a território nacional”, explicou o SEF em comunicado.

Neste momento encontra-se “pendente de decisão judicial o recurso apresentado relativamente à decisão de não admissão do pedido de asilo apresentado, e sendo expectável que a mesma não ocorra nos próximos dias, foi determinada a emissão de Visto Especial”.

O SEF acrescenta ainda que “este visto permite a entrada em Portugal do agregado familiar, garantindo-se assim que a criança não permanece no EECIT além do estritamente necessário à salvaguarda dos superiores interesses relativos à sua necessária proteção, atenta especial vulnerabilidade”.

A terminar esclarece-se que só hoje foi possível dados que permitam confirmar a identidade da criança e dos seus pais.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×