22/9/18
 
 
Top10. Os futebolistas lusos mais caros de sempre

Top10. Os futebolistas lusos mais caros de sempre

Laura Ramires 19/07/2018 10:50

Cristiano Ronaldo roubou o trono a... Cristiano Ronaldo e passa, agora, a estar duas vezes na lista, que conta ainda com dois antigos jogadores, lendas vivas do futebol português. De notar que os clubes italianos são os responsáveis por 50% dos lugares deste ranking, seguidos pelos espanhóis (três), ingleses (1) e alemães (1)

Cristiano Ronaldo ocupa trono e 2.º lugar deste ranking

Tornou-se o jogador português mais caro de sempre quando em 2009/10 o Real Madrid pagou por ele 94 milhões de euros ao Manchester United. Agora, o internacional português bateu a sua própria marca, não fosse ele conhecido por ser um ‘papa-recordes’, ao transferir-se para os italianos da Juventus. Com um total de 117 milhões de euros envolvidos na operação para tirar o capitão das Quinas de Espanha, o clube de Turim ofereceu mais um lugar a CR7 nesta lista em que é agora 1.º e 2.º classificado. A mudança para a Velha Senhora colocou Ronaldo como o futebolista ‘trintão’ mais valioso de sempre da história do futebol mundial e a sexta transferência mais cara da história. 

 

Aos 45 anos, Luís Figo fecha pódio

Já deixou os relvados há praticamente uma década mas continua em grande destaque. Aos 45 anos, o antigo internacional português continua a ser a terceira transferência mais cara de sempre entre jogadores portugueses. Em causa está a mudança do extremo entre os principais rivais do país vizinho. Na época de 2000/01, com 27 anos, Figo transferiu-se do Barcelona para o Real Madrid depois dos blancos terem pago 60 milhões de euros ao emblema catalão. Os adeptos de Camp Nou não perdoaram a traição e acusaram Figo de ‘pesetero’.

 

Bernardo Silva à altura do 4.º lugar

A baixa estatura (1,73 m) suscitou muitas dúvidas acerca do patamar que poderia atingir enquanto jogador. De Messi do Seixal a Principezinho do Mónaco, Bernardo Silva é atualmente a 4.ª transferência mais cara de sempre entre futebolistas lusos. O internacional português de 23 anos despertou o interesse do Manchester City, que pagou pelo extremo 50 milhões de euros na época transata (2017/18).

 

Maestro Rui Costa continua a dar música no top5

Aos 46 anos, Rui Costa continua a ter um estatuto especial entre os jogadores portugueses. O maestro ocupa o 5.º lugar deste ranking devido a uma transferência que aconteceu há 17 anos. Na época 2001/02, o AC Milan desembolsou 42 milhões de euros para assegurar o médio ofensivo que atuava na Fiorentina. O antigo internacional português tinha, à data, 29 anos.

 

João Cancelo junta-se a CR7 também nesta lista

A par de Ronaldo, João Cancelo foi o outro português a ser contratado neste defeso pela Juventus. A juntar ao ‘golpe do século’, o emblema de Turim pagou 40 milhões de euros pelo lateral direito de 24 anos, que na última época representou os espanhóis do Valência. Com a mudança, Cancelo, formado nas escolas do Benfica, juntou-se a Ronaldo não só dentro das quatro linhas, mas também neste ranking, no qual ocupa o 6.º lugar.

 

João Mário no 7.º posto após venda histórica do Sporting

Em agosto de 2016 protagonizou a maior venda de sempre da história do Sporting quando o Inter de Milão pagou 40 milhões de euros. O negócio coloca o internacional português no 7.º lugar das transferências mais caras de sempre de jogadores portugueses apesar da aventura em solo italiano não ter corrido da melhor maneira. De tal forma que na temporada transata esteve cedido por empréstimo aos ingleses do West Ham e reconheceu que não queria regressar ao futebol italiano por ter um estilo de jogo que não se adapta às suas características.

 

André Silva com a chama acesa no oitavo posto

O ponta de lança português brilhou ao serviço do FC Porto e quem não ficou indiferente às suas exibições foram os italianos do AC Milan, que na época 2017/18 dispensaram 38 milhões de euros para roubar o internacional português ao dragão. Aos 22 anos, o jogador das escolinhas do clube da Invicta é atualmente a 8.ª transferência mais cara entre jogadores portugueses e uma das principais promessas no ataque da Seleção das Quinas.

 

André Gomes no 9.º lugar

O Barcelona pagou, em 2016, 37 milhões de euros aos espanhóis do Valência pelo médio português e tornou-o o 9.º futebolista luso mais caro de sempre. Em Camp Nou, porém, o internacional português não tinha uma missão fácil. Duramente criticado pela imprensa catalã , que considerou o luso um “autêntico flop”, e assobiado pelos próprios adeptos, Gomes acabaria por entrar numa espiral negativa. Em entrevista, o médio confessou que não se sentia bem em campo e tinha “vergonha de sair de casa”. A imprensa dá como certa a sua saída dos blaugrana neste mercado.  

 

Renato Sanches é o último futebolista neste top10

Aos 18 anos era considerado uma das jovens promessas do futebol mundial. De tal maneira que o Bayern Munique não teve dúvidas em oferecer ao Benfica 35 milhões de euros pelo seu passe. A aposta no português viria, no entanto, a revelar poucos resultados. Sanches esteve, entretanto, emprestado aos ingleses do Swansea (que desceu de divisão na última época) e está de regresso ao plantel alemão. A imprensa nacional desportiva diz que o Benfica estuda a oportunidade de o trazer de novo para a Luz, o que poderia relançar novamente a carreira do luso, que é, ainda assim, o 10.º mais caro entre jogadores portugueses.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×