13/11/18
 
 
Contratados 62 enfermeiros para São José, Estefânia e MAC

Contratados 62 enfermeiros para São José, Estefânia e MAC

Beatriz Dias Coelho 15/07/2018 20:14

Contratações fazem parte dos 145 novos profissionais, a par de 54 médicos, que a tutela prometeu

O Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) contratou 62 enfermeiros que vão ser distribuídos pelas urgências dos Hospitais de São José e Dona Estefânia e ainda pela Maternidade Alfredo da Costa, entre outros. Os enfermeiros integram o grupo de 145 profissionais que o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, prometeu em reunião com a administração do CHLC, na quinta-feira, a par de 54 médicos.

Segundo a “Lusa”, a contratação dos enfermeiros vem responder às dificuldades geradas pela redução das 40 horas semanais para 35. Para breve está também a contratação dos restantes 83 profissionais de saúde - que incluem técnicos de  diagnóstico, que estiveram em greve na última sexta-feira, e técnicos superiores. Quanto aos médicos, ainda não se sabe quando as novas contratações vão iniciar funções. Ao “Diário de Notícias”, a presidente do CHLC, Ana Escoval, disse esperar que os profissionais estejam a trabalhar no CHLC “até ao final do verão”, embora muitos já o estejam, “no seguimento do internato”.

A medida surge como resposta à demissão de um total de 16 chefes de equipa de medicina interna e cirurgia geral da equipa do Hospital de São José e à carta de demissão apresentada. dias depois, pelos chefes de equipa de ginecologia e obstetrícia da Maternidade Alfredo da Costa - tendo sido, depois, “controlada e ultrapassada” a situação na Maternidade, como garantiu o CHLC. As duas entidades, a par dos hospitais dos Capuchos, Santa Marta e Dona Estefânia, integram o CHLC.

Ambos os episódios voltaram a pôr a descoberto problemas que não são novos no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e para os quais profissionais, Ordens e sindicatos há muito pedem soluções. Se do lado dos médicos demissionários do Hospital de São José a motivação para a saída foi a falta de condições na urgência, para os médicos da Maternidade Alfredo da Costa está em causa o cansaço, provocado pela falta de recursos humanos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×