13/11/18
 
 
Aprovado o fim de touradas no concelho de Póvoa de Varzim

Aprovado o fim de touradas no concelho de Póvoa de Varzim

Shutterstock Jornal i 13/07/2018 19:43

A PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia já reagiu à decisão

A área do município de Póvoa de Varzim vai deixar de realizar corridas de touros e outros espetáculos que envolvam violência animal, uma vez que a Assembleia Municipal aprovou esta sexta-feira a proposta do executivo camarário local para o impedimento destes espetáculos.

De acordo com a notícia avançada pela agência Lusa, a maioria das bancadas votou favoravelmente para o fim dos espetáculos tauromáquicos, à exceção dos deputados do CDS e de três elementos do PSD.

"Foi a vontade da maioria da representação política na Assembleia Municipal, e com a qual eu também concordo. O que me tem chegado, direta e indiretamente, é que há mais pessoas confortáveis com esta decisão, do que com a possibilidade de continuarem a existir corridas de touros na Póvoa de Varzim", afirmou o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, segundo a Lusa.

A PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia já reagiu à decisão e, em comunicado, anunciou que vai "avançar com todos os meios legais contra a autarquia, contra o autarca e contra todos os que se associaram a este ataque vil à liberdade dos espetáculos culturais no concelho”, uma vez que “a própria lei reconhece que a Tauromaquia é cultura” e, por isso, “é obrigação do Estado promover e assegurar o acesso dos seus cidadãos à Tauromaquia. Qualquer decisão tomada no sentido de limitar ou proibir o acesso a um espetáculo cultural é inconstitucional”.

Através da decisão tomada, a partir de janeiro de 2019, estão proibidas as corridas de touros no concelho da Póvoa de Varzim.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×