21/7/18
 
 
Catalunha. Puigdemont reage à decisão do tribunal alemão

Catalunha. Puigdemont reage à decisão do tribunal alemão

Jornal i 12/07/2018 13:12

O líder será julgado em Espanha por “uso indevido de fundos públicos”

 

Depois da decisão do tribunal alemão de autorizar a extradição do líder Independentista da Catalunha, Carles Puigdemont reagiu à decisão, através das redes sociais, acusando o governo alemão de ter derrotado  "a principal mentira" do Estado espanhol, de ter chamado ao  “referendo de 1 de outubro” um ato de “rebelião”.

“Derrotámos a principal mentira sustentada pelo Estado [espanhol]. A justiça alemã nega que o referendo de 1 de outubro tenha sido uma rebelião. Cada minuto que os nossos companheiros passam na prisão é um minuto de vergonha e injustiça. Vamos lutar até ao fim e vamos ganhar!", pode ler-se no Twitter do líder Independentista.

Segundo a sentença da Audiência Territorial de Schleswig-Holstein, Carles Puigdemont vai ser extraditado para Espanha, depois de ter fugido de lá a 27 de outubro de 2017.

Puigdemont foi detido pelas autoridades alemãs a 2 de março deste ano, depois do governo espanhol ter lançado um mandato de captura europeu. O julgado será em Espanha e o ex-líder catalão vai responder pelo “uso indevido de fundos públicos”, deixando de fora as acusações de rebelião.

 

Hem derrotat la principal mentida sostinguda per l'Estat. La justícia alemanya nega que el referèndum del 1 d'octubre fos rebel·lió. Cada minut que passen els nostres companys a la presó és un minut de vergonya i injustícia. Lluitarem fins al final, i guanyarem!

— Carles Puigdemont 🎗 (@KRLS) 12 de julho de 2018
Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×