18/9/18
 
 
Reino Unido. Há protestos em todas as cidades por onde Trump vai passar

Reino Unido. Há protestos em todas as cidades por onde Trump vai passar

Jornal i 12/07/2018 10:55

Um dos protestos quer criar uma “parede de som”

Donald Trump chegaou ao Reino Unido esta quinta-feira para a primeira visita de estado oficial. E há já um roteiro de protestos contra a visita do líder norte-americano pelas  cidades em que Trump vai passar: Glasgow, Edimburgo e, como é claro, Londres.

Segundo a i-D, as organizações querem mostrar ao líder o quão “indesejado é o presidente norte-americano no Reino Unido”. A visita de Trump à primeira-ministra Theresa May pretende promover o reforço da aliança entre as duas nações e acontece numa altura em que o governo de May está em queda com as demissões de cinco ministros.

Boris Johnson, o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros que se demitiu na sequência das negociações do Brexit, é também uma das pessoas com quem Donald Trump pretendia reunir-se, no entanto este encontro não foi confirmado.

Os dois maiores protestos estão marcados para sexta-feira, em Londres: a Marcha das Mulheres (às 16h00) e a marcha Juntos Contra Trump (das 14h00 às 19h00), Ambas a começar em Portland Square. Na Marcha das Mulheres , que se dirige até ao Parlamento inglês, está prevista a criação de uma “parede de som” onde os membros do protesto vão levar panelas e tachos para fazer o mais barulho possível.

Já a marcha Juntos contra Trump termina na Trafalgar Square, onde vão permanecer em vigília durante duas horas. Este protesto conta com a presença de vários nomes conhecidos como Lilly Allen (cantora), Olly Alexander (membro dos Years & Years), Mhairi Black (política escocesa) e Ed Miliband (político britânico).

E nem ao jantar o líder norte-americano se safa. À frente do Palácio de Blenheim, onde está combinado o jantar com Theresa May, está preparado um outro protesto conjunto contra Trump e May, que conta com membros do Partido Trabalhista, os opositores de May que não estão propriamente contentes com o negócio do Brexit.

Na Escócia, Trump pode contar com Scotland Against Trump em Glasgow, no dia 13, e o mesmo movimento no dia 14 em Edimburgo. O presidente norte-americano também vai ser alvo de protestos nos seus campos de golfe: Trump International Golf Links em Balmedia, Aberdeenshire e Trump Turnberry, perto de Girvan.

Sobre o polémico balão gigante de Trump, que estava previsto sobrevoar Londres na zona de Westminister, ainda não está confirmado se este irá ou não voar pelos céus.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×