13/11/19
 
 
Tailândia. As operações estão a decorrer mais rapidamente de dia para dia

Tailândia. As operações estão a decorrer mais rapidamente de dia para dia

SOL 09/07/2018 16:15

Falta resgatar cinco pessoas, mas “não se sabe se estes poderão ser todos salvos no mesmo dia”

O Chefe de Missão de Regaste do grupo preso na gruta, Narongsak Osatanakorn, deu uma conferência de imprensa, a dois quilómetros do local, sobre a operação de hoje que salvou quatro dos jovens que estavam encurralados na gruta Tham Luang, na Tailândia. As autoridades mostram-se otimistas, uma vez que as operações estão a decorrer mais rapidamente de dia para dia.

Segundo um jornalista do Guardian, os mergulhadores terão, esta segunda-feira, demorado duas horas a fazer o percurso até ao exterior da caverna, o querepresenta “um grande progresso em relação ao tempo feito na missão passada”.  Recorde-se que, inicialmente, as notícias apontavam para uma média de cinco horas e meia para a realização do percurso até ao exterior da gruta.

Na operação, estiveram envolvidos 18 mergulhadores de várias nacionalidades.

Sobre os restantes cinco que ainda permanecem dentro da gruta, o Chefe de Missão diz não saber qual a hora exata da próxima missão de salvamento e que “não sabe se estes poderão ser todos salvos no mesmo dia”.

Narongsak Osatanakorn acabou a conferência de imprensa com aplausos por parte de todos os presentes.

As crianças que saíram no domingo, segundo o Chefe de Missão de Resgate, encontram-se bem e estão a recuperar.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×