16/11/18
 
 
Cultura. Ministro garante reforço financeiro para 2019

Cultura. Ministro garante reforço financeiro para 2019

João Porfírio Jornal i 06/07/2018 13:33

Com o objetivo de 1% não atingido, Castro Mendes diz que “ naturalmente haverá um reforço da Cultura no próximo Orçamento de Estado”

O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, confessou esta sexta-feira em Macau que o objetivo de garantir 1% do Orçamento de Estado para a Cultura não será atingindo. No entanto, garante um reforço financeiro para a área em 2019.

Na sua visita a Macau, durante o Fórum Cultural entre a China e os Países de Língua Portuguesa, o ministro falou sobre o estado desta área em Portugal.

"Vamos aproximar-nos gradualmente, é o nosso objetivo e a nossa meta, mas não penso que no espaço desta legislatura, ou deste orçamento, cheguemos a 1% do Orçamento do Estado para a Cultura", admite Luís Filipe Castro Mendes. O ministro garante ainda que “naturalmente haverá um reforço da Cultura no próximo Orçamento de Estado”.

Quando questionado sobre o novo modelo de autonomia de gestão de museus para 2019, o ministro rejeitou a probabilidade de ser criada uma entidade privada, defendendo que a solução passará por uma independência administrativa.

Relembrar que este modelo “assenta na gestão por objetivos e consubstancia-se no cumprimento de metas quantificadas e mensuráveis que integrarão o contrato plurianual a celebrar entre a administração do património cultural e o diretor da unidade orgânica”. Este plano será “muito brevemente apresentado”, acrescentou Castro Mendes. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×