14/11/18
 
 
Inglaterra. Médica matou mais de 400 pacientes a pensar no seu bem-estar

Inglaterra. Médica matou mais de 400 pacientes a pensar no seu bem-estar

Shutterstock Jornal i 28/06/2018 15:15

É considerado um dos maiores escândalos do Reino Unido. 

A médica do Reino Unido – que esteve envolvida num dos maiores escândalos de sempre no setor da saúde – garante que nunca agiu de má fé, e que apenas fez o que fez a pensar no bem-estar dos doentes.

A britânica foi responsável pela morte com recurso a opiáceos de mais de 450 pacientes idosos, mas toda esta utilização é injustificada medicamente, concluiu uma investigação realizada ao hospital em questão onde a médica trabalhava.
A declaração pública de inocência foi lida esta quarta-feira pelo marido da médica, Tim Barton.

Recrode-se que, os factos remontam ao final da década de 80, mas estenderam-se durante mais de 10 anos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×