17/11/18
 
 
Presidente do Zimbabué sobrevive a atentado bombista

Presidente do Zimbabué sobrevive a atentado bombista

Jekesai NJIKIZANA Jornal i 23/06/2018 16:35

Dispositivo instalado num estádio atingiu o vice-presidente na perna. Mnangagwa escapa ileso. 

Emmerson Mnangagwa, o presidente do Zimbabué e sucessor de Robert Mugabe, sobreviveu este sábado a uma tentativa de atentado bombista no momento em que abandonava um estádio onde realizava um comício. O dispositivo não causou ferimentos a Mnangagwa, mas parece ter atingido o seu vice-presidente, Kembo Mohadi, numa perna.

Mnangagwa ascedeu ao poder em novembro no cabo de um golpe de Estado que destituiu o veterano líder africano Mugabe – venceu também as eleições presidenciais que se seguiram às manobras militares. Desde então, de acordo com a presidência, Mnangagwa foi vítima de várias tentativas de homicídio.

Esta ocorre a semanas das primeiras eleições legislativas no Zimbabué desde que Mugabe abriu relutantemente mão do poder. “Houve várias tentativas de assassinato do presidente ao longo dos últimos cinco anos”, afirmava este sábado, citado pela BBC, um dos porta-vozes do presidente, George Charamba.

De acordo com a emissora britânica, também vice-presidente adjunto e a sua mulher ficaram feridos na explosão deste sábado, assim como o líder do partido do poder e alguns funcionários. Mnangagwa discursava num estádio apinhado, White City Stadium, em Bulawayo, a segunda cidade do país, defendendo o seu partido, o Zanu-PF. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×