19/11/18
 
 
Número de óbitos em Portugal é o mais alto dos últimos dez anos

Número de óbitos em Portugal é o mais alto dos últimos dez anos

Shutterstock Jornal i 11/06/2018 10:18

Epidemia de gripe está associada ao envelhecimnento da população e explica o aumento do número de mortes

 

Entre 1 de janeiro e sábado, morreram em Portugal 54.873 pessoas. Os dados são comparados ao igual período do ano passado, e revelam que houve um aumento de 3131 óbitos, face aos 51.742 de 2017. Este valor representa 6%, segundo os dados da SICO/Vigilância da Mortalidade, publicado pela Direção-Geral da Saúde.

Este agravamento coincide com o período de atividade de gripe que foi superior à atividade gripal do ano passado. Este ano esse período prolongou-se pelas 18 semanas, tendo terminadoapenas na primeira semana de maio.

O maior número de mortes verificou-se nos primeiros cinco meses do ano, pelo terceiro ano consecutivo. Segundo os dados da SICO, os 54.873 óbitos registados foram o valor mais elevados dos últimos dez anos. 

Os meses de inverno são aqueles em que ocorrem mais óbitos e, este ano não foi exceção, tendo o dia 3 de janeiro atingido o máximo de mortes - 450 óbitos. 

Além disso, também a humidade do tempo chuvoso nos meses de março e de abril podem explicar o maior número  de infeções respiratórias. O envelhecimento da população portuguesa é também outro dos fatores que pode explicar este aumento, explica Graça Freitas. 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×