15/10/19
 
 
Marcelo prefere "a paciência dos acordos" à "volúpia das rupturas"

Marcelo prefere "a paciência dos acordos" à "volúpia das rupturas"

João Porfírio Luís Claro 10/06/2018 13:46

PR rejeita "rupturas, mesmo que tentadoras", nas comemorações do Dia de Portugal 

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que os portugueses preferem "a paciência dos acordos, mesmo se difíceis, à volúpia das ruturas, mesmo se tentadoras. O multilateralismo realista ao unilateralismo revivalista". 

Nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, em Ponta Delgada, nos Açores, o Presidente da República destacou que existe "um só Portugal" que é feito de "muitos Portugais, que podem e devem ser diversos".

Para o Presidente da República, que voltou a optar por um discurso curto com cerca de 5 minutos, é essencial que nenhuma região do país seja discriminada. 

"Somos um só Portugal, feito de muitos portugais, que podem, e devem, ser diversos, mas que não toleraremos que sejam discriminados, naquilo que de essencial assinala o estatuto da nossa cidadania cívica, económica, social e cultural", afirmou. 

Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhado pelo primeiro-ministro, vai viajar esta tarde para os Estados Unidos da América para comemorar esta data com as comunidades portuguesas. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×