24/9/18
 
 
Atenção. É melhor olhar para o céu, nunca se sabe o que pode cair de um avião…

Atenção. É melhor olhar para o céu, nunca se sabe o que pode cair de um avião…

Jornal i 05/06/2018 17:05

"Fomos inundados por cocó"

Ninguém está preparado para que algo deste género aconteça, mas a verdade é que no Canadá aconteceu, e até há uma investigação a decorrer por causa deste incidente. 

Sue Allan, a protagonista deste momento insólito, conta que estava dentro do carro, acompanhada de dois familiares, parada num semáforo, com o teto de abrir recolhido, quando de repente começaram a cair pingos do céu que lhes atingiram "a cara, o carro e limpa para-brisas". À primeira vista, parecia ser apenas lama, mas rapidamente se aperceberam que não era, uma vez que o cheiro não deixava margem para dúvidas.

"Fomos inundados por cocó", conta Sue, enquanto descrevia o momento no programa "As It Happens" da rádio CBC, do Canadá, na cidade de Kelowna, Columbia Britânica.

E continuava. Ao seu lado, parado num semáforo, estava outro condutor que tentava arranjar uma explicação para o que estava a acontecer: podia ser um avião que voava a baixa altitude, e que se preparava para aterrar. "Foi aí que percebi que um avião que passava tinha largado cocó em cima de nós", conta Allan, sublinhando que lhe caíram fezes "nos olhos e no cabelo" e que, além da repulsa, a deixou com uma infeção ocular. 

Em declarações ao Guardian, a mulher contou ainda que a autoridade que regula a aviação no Canadá já está a investigar o incidente e afirma que esta entidade "leva muito a sério todos os relatos de possíveis detritos com origem em aviões".

De acordo com o cientista ambiental Robert Young, que falava ao Kelowna Capital News, o incidente pode ter sido causado por uma fuga no sistema de canalização do avião, que teria congelado sob a fuselagem, pois à medida que o aparelho perdia altitute, essa fuga "teria facilmente descongelado e tornado-se líquida enquanto caía".

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×