15/11/18
 
 
Seleção faz hoje penúltimo teste

Seleção faz hoje penúltimo teste

AFP Photo Laura Ramires 02/06/2018 12:39

Depois de ter empatado com a Tunísia (2-2), Portugal volta a mais um ensaio, desta feita com a Bélgica. Faltam menos de duas semanas para a estreia no Mundial 2018.

Depois do sabor agridoce que ficou do primeiro teste da Seleção portuguesa de futebol, que terminou com um empate (2-2) frente ao conjunto tunisino, num encontro em que a equipa das Quinas esteve a vencer por duas bolas a zero, este sábado os comandados de Fernando Santos voltam a afinar estratégias, naquele que será o penúltimo encontro de preparação antes de a comitiva lusa seguir viagem para a Rússia, onde irá disputar a fase final do Mundial 2018.

Hoje (às 19h45), a formação lusa defronta a Bélgica, em Bruxelas, num jogo em que o Selecionador nacional já tem às suas ordens três dos jogadores que estiveram ausentes no encontro da passada segunda-feira, com a Tunísia: Rui Patrício, que rescindiu com o Sporting [ver pág. anterior] apresentou-se ontem na sessão de treinos da Seleção na Cidade do Futebol, em Oeiras, assim como Bruno Fernandes e Gelson Martins. Com a chegada do guarda-redes, do médio e do extremo, fica apenas a faltar, entre os 23 eleitos convocados por Fernando Santos, Cristiano Ronaldo, avançado que continua a gozar um período de férias depois da conquista da Liga dos Campeões, ao serviço do Real Madrid, no passado sábado (26 maio).

Por sua vez, destaque para a baixa certa de Adrien Silva no jogo de esta tarde. 

O médio do Leicester falhou o treino de ontem após ter sentido dor numa das pernas tendo, por essa razão, o selecionador português optado por deixar o futebolista em terra. 

Fernando Santos comenta rescisão de Patrício 

Na antevisão ao encontro de hoje, Fernando Santos foi confrontado com o pedido de rescisão que o guarda-redes titular da Seleção formalizou ao clube leonino. Sobre o assunto, Fernando Santos garantiu apenas que «todos os jogadores estão concentrados» e que «os treinos mostram isso». «Se houvesse algum caso, teríamos que tomar uma posição. Não é o caso», assegurou. O selecionador que levou Portugal à vitória inédita no Campeonato da Europa de 2016, em França, rejeitou ainda possíveis efeitos que novas rescisões no seio leonino possam trazer à equipa portuguesa: «Não temo nada. Tenho quatro cães em casa. Se tivesse medo, tinha trazido os cães. Não tenho medo de nada».

Relativamente ao adversário que vai encontrar hoje, Santos lembrou que «a Bélgica tem um conjunto fantástico de jogadores, uma equipa muito forte em termos ofensivos». «É um adversário poderoso e vai ser um excelente teste», declarou. A Bélgica integra o Grupo G do Campeonato do Mundo, com a Tunísia, Panamá e Inglaterra.

Mundial 2018 à porta

Depois do encontro de hoje, Portugal tem apenas mais um teste, agendado para quinta-feira, dia 7 de junho, no Estádio da Luz, com a Argélia. Depois disso, a equipa das quinas segue viagem para a Rússia, onde tem a sua estreia marcada no dia 15 de junho, frente à Espanha, em Sochi. 

Portugal, que integra o Grupo B, defronta depois Marrocos a 20 de junho, em Moscovo, e o Irão, de Carlos Queiroz, no dia 25, em Saransk. 

O Campeonato do Mundo vai decorrer entre 14 de junho a 15 de julho.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×