25/9/18
 
 
Bruno de Carvalho estava “alucinado” e “tresloucado”

Bruno de Carvalho estava “alucinado” e “tresloucado”

Shutterstock André Vinagre 01/06/2018 15:46

Rui Patrício conta como correu a reunião entre o plantel e Bruno de Carvalho depois da derrota em Madrid

Na carta de rescisão contratual a que o i teve acesso, Rui Patrício descreveu a reunião que aconteceu entre Bruno de Carvalho e o plantel leonino após a derrota da equipa frente ao Atlético de Madrid e que levou à retirada da polémica publicação do presidente do Sporting no Facebook, em que anunciava castigos para os jogadores.

Rui Patrício escreve que Bruno de Carvalho estava “alucinado e visivelmente tresloucado” e com “ar de ditador”.

“Foi marcada uma reunião no estádio, na qual esteve o plantel, o treinador, o Team Manager André Geraldes e o Presidente da Sporting clube de Portugal - Futebol SAD, que estava visivelmente exaltado com "ar de ditador", alucinado e visivelmente tresloucado, tendo-me acusado e ao William de sermos os organizadores do protesto, por querermos sair do clube há muito tempo”, lê-se na carta.

Rui Patrício acrescenta ainda que Bruno de Carvalho teve sempre uma postura de “enorme agressividade”.

O guarda-redes do Sporting que agora rescinde contrato diz ainda que Jorge Jesus também foi visado. “Vou tirar a suspensão, o mister pode convocar quem quiser, é o Rei do Clube, mas os processos vão continuar”, refere na carta.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×