21/11/18
 
 
PSP detém 20 pessoas por burla no Facebook

PSP detém 20 pessoas por burla no Facebook

José Sérgio Jornal i 24/05/2018 18:09

Esquema lesou 1400 pessoas

A PSP deteve 20 pessoas, em Leiria, por venderem calçado falso no Facebook. Até ao momento, este esquema de burla já lesou 1400 pessoas, tendo a organização obtido um lucro de quatro milhões de euros.

Segundo o comunicado da PSP, os detidos com idades entre os 21 e 59 anos, criavam páginas no Facebook para promover a venda do calçado de marca a preços bem mais baixos do que o habitual, referindo que se tratava de calçado importado e, por isso, é que ficava mais barato do que nas respetivas marcas.

Os detidos enviavam a encomenda “sem qualquer marca distintiva e não correspondente ao que se havia comprometido a vender e que foram pagos”. As encomendas eram enviadas através de apartados dos CTT e eram levantadas mediante o seu pagamento.

A PSP fez 54 buscas, tendo apreendido 1.600 pares de ténis, 700 encomendas, 29,6 mil euros, talões de liquidação e aceitação de encomendas, entre outros.

Segundo a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, os arguidos são acusados de crimes de burla, branqueamento de capitais, corrupção passiva e ativa, falsificação de documentos e associação criminosa.

Foram ainda emitidos 22 mandados de detenção e estão a ser investigadas 134 páginas do Facebook criadas pelos arguidos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×