22/9/18
 
 
Aprovada suspensão de despejos até à nova lei do arrendamento

Aprovada suspensão de despejos até à nova lei do arrendamento

Shutterstock Jornal i 23/05/2018 16:06

Processos de despejo de idosos e pessoas com deficiência que já estejam em curso também serão suspensos.

Os partidos aprovaram, esta quarta-feira, o projeto de lei do PS, que vem suspender os processos de despejo de pessoas idosas ou com deficiência - incluindo aqueles que já se encontram em curso -, até que sejam aprovadas as alterações à lei do arrendamento que estão a ser discutidas no Parlamento.

A proposta do Partido Socialista cria assim um “regime extraordinário e transitório de proteção de pessoas idosas ou com deficiência que sejam arrendatários e residam no mesmo local há mais de 15 anos“.

Esta lei abrange todos os contratos de arrendamento para habitação, cujo inquilino resida há mais de 15 anos à data de entrada de vigor da lei, e tenha 65 ou mais anos ou deficiência acima de 60%.

Desta forma, os senhorios ficam impedidos de denunciar os contratos até que entre em vigor a revisão do regime do arrendamento urbano, que já está a ser discutida no Parlamento.

“Fica sem efeito as denúncias pelo senhorio, ou a oposição pelo senhorio à renovação, quando a produção de efeitos dessas comunicações deva ocorrer durante a vigência da presente lei, relativamente aos contratos de arrendamento por esta abrangidas”, pode ler-se no projeto.

 

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×