15/11/18
 
 
“Foi um artista maior no Portugal contemporâneo”, diz Ferro Rodrigues

“Foi um artista maior no Portugal contemporâneo”, diz Ferro Rodrigues

Jornal i 22/05/2018 19:37

O presidente da Assembleia da República lamentou hoje a morte do artista português

“Foi um artista maior no Portugal contemporâneo. Um artista profundamente envolvido com o seu tempo e com o seu país”, disse Eduardo Ferro Rodrigues, em reação à morte de Júlio Pomar.

O presidente da Assembleia da República referiu ainda que o artista se caracterizou por ser um cidadão “empenhado no combate à ditadura e na causa da democracia”.

“Um artista multifacetado que sabia inspirar o público e também por isso deve servir de inspiração às novas gerações. Sem dúvida uma imensa perda para a Cultura Portuguesa”, sublinho Ferro Rodrigues.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×