21/9/18
 
 
Aves com asas cortadas pela burocracia perdem Liga Europa

Aves com asas cortadas pela burocracia perdem Liga Europa

Laura Ramires 22/05/2018 09:13

Entrega fora do prazo de documentação obrigatória pode levar a que os avenses percam o acesso direto à fase de grupos da prova europeia, oportunidade conquistada após o triunfo inédito no Jamor

Depois de este domingo o Desportivo das Aves ter festejado a conquista da Taça de Portugal pela primeira vez na sua história, com uma vitória sobre o, ainda que ferido, super favorito Sporting, a “maior vila do futebol português”, como defenderam os adeptos presentes no Jamor, acordou com uma notícia inesperada. Apesar de os avenses terem vencido a prova-rainha do futebol português, feito que oferecia à formação de José Mota a entrada direta na fase final da Liga Europa da próxima temporada, o conjunto que conseguiu pela primeira vez a permanência na I Liga não deverá disputar a prova europeia relativa à época 2018/19.

Na origem deste impedimento do Aves no acesso à prova da UEFA estão... problemas burocráticos que o próprio presidente da SAD avense, Luiz Andrade, tinha adiantado não existirem.

“Temos a Liga Europa garantida e vamos disputar essa competição”, disse o dirigente após o clube se ter tornado no 13.º vencedor da Taça de Portugal.

Contudo, sabe-se agora que o emblema da Vila das Aves não terá feito o licenciamento necessário dentro dos prazos exigidos pela UEFA, ficando, desta forma, automaticamente excluído das competições europeias.

Basicamente, e embora tenha efetivamente apresentado a sua candidatura, o emblema português fê-lo fora do prazo permitido, uma vez que a documentação de entrega obrigatória para poder participar na prova do organismo presidido por Aleksander Ceferin teria de ser feita até ao mês de dezembro.

As mudanças

A confirmar-se este chumbo do licenciamento avense, o grande beneficiado será o Rio Ave, quinto classificado no campeonato, que segue de imediato para a segunda pré-eliminatória da prova da UEFA.

Além disso, de notar também que o Sporting, terceiro no campeonato e finalista vencido em Oeiras, passará a ter entrada direta na fase de grupos da competição da UEFA e o Braga, quarto classificado na Liga portuguesa, disputará a terceira pré-eliminatória da prova europeia.

Porém, só no dia 31 maio, caso não haja entretanto nova informação adiantada por alguma das partes, é que o Orgão de Gestão do Licenciamento (OGL), entidade que opera no âmbito da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), divulgará oficialmente quem são os clubes que recebem a certificação UEFA.

Assim sendo, até ao fim deste mês o Aves ficará a saber se desperdiçou, ou não, a oportunidade única de aceder diretamente à fase de grupos da Liga Europa, competição que sagrou o Atlético de Madrid campeão de 2017/18 na passada quarta-feira.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×