17/9/19
 
 
Arnaut. “Portugal perde uma figura política de impressionável transparência”, diz Francisco George

Arnaut. “Portugal perde uma figura política de impressionável transparência”, diz Francisco George

José Sérgio Jornal i 21/05/2018 16:24

António Arnaut, ‘pai’ do SNS e cofundador do Partido Socialista, morreu esta segunda-feira, em Coimbra, aos 82 anos.

O antigo diretor-geral da Saúde, Francisco George, lembrou esta segunda-feira António Arnaut como sendo uma “figura política de impressionável transparência”.

"O país perde uma figura, mas ganhou o Serviço Nacional de Saúde (SNS) que ele fundou. Perde uma figura política de impressionável transparência, mas ganhou um SNS para sempre", disse Francisco George à agência Lusa.

O ex-diretor-geral da Saúde diz que Arnaut colocou Portugal “no topo a nível internacional" em relação à "saúde da população, em particular das mães e das crianças".

Francisco George afirma que Arnaut era uma pessoa que, depois de tomar uma decisão, não voltava atrás: "A decisão, uma vez tomada, era inabalável para ele. Ia para a frente, não recuava, não estava sujeito a pressões, a interesses. Isto na perspetiva do interesse público, do interesse de todos os portugueses, no interesse dos mais pobres, mais vulneráveis".

António Arnaut, ‘pai’ do SNS e cofundador do Partido Socialista, morreu esta segunda-feira, em Coimbra, aos 82 anos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×