18/11/18
 
 
Cristas sobre a morte de Arnaut. "Realço um homem profundamente dedicado às causas em que acreditou"

Cristas sobre a morte de Arnaut. "Realço um homem profundamente dedicado às causas em que acreditou"

Diana Tinoco Jornal i 21/05/2018 14:26

Fundador do SNS morreu esta segunda-feira, aos 82 anos

A líder do CDS-PP, Assunção Crista, reagiu esta segunda-feira à morte de António Arnaut, ‘pai’ do Serviço Nacional de Saúde (SNS), recordando como "um homem profundamente dedicado às causas em que acreditou".

"Realço um homem profundamente dedicado às causas em que acreditou, nomeadamente na construção do SNS", afirmou Cristas, em declarações aos jornalistas durante uma visita no âmbito faz jornadas parlamentares do CDS-PP, em Viana do Castelo.

"Todos ficamos unidos nessa perda, uma perda também pelo que é a nossa saúde e hoje tanto temos de batalhar em Portugal para que o SNS funcione melhor", destacou a líder do CDS-PP, referindo que, independentemente do partido, "o objetivo de todos é sempre que possa haver melhor saúde para todos os portugueses". Recorde-se que Arnaut foi cofundador do Partido Socialista e era presidente honorário.

António Arnaut foi ministro dos Assuntos Sociais e fundador do SNS. Morreu esta segunda-feira, em Coimbra, aos 82 anos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×