25/9/18
 
 
Aplicação oferece recompensa de 132 mil euros para encontrar motorista que matou passageira

Aplicação oferece recompensa de 132 mil euros para encontrar motorista que matou passageira

Jornal i 11/05/2018 13:39

Empresa já pediu desculpa e assumiu a responsabilidade

A aplicação Didi, considerada o Uber chinês, anunciou esta sexta-feira que irá pagar uma recompensa de um milhão de yuan (132 mil euros) por informações que ajudem a deter o motorista suspeito de ter matado uma passageira.

“O Didi está à procura de um motorista chamado Liu Zhenhua (...). A empresa dará uma recompensa de até um milhão de yuan por informação que leve à sua detenção”, refere a empresa num comunicado publicado na sua conta oficial no Sina Wiebo, considerado o Twitter chinês.

O mesmo documento revela ainda o número de telemóvel e do Bilhete de Identidade do condutor.

O homicídio aconteceu no fim-de-semana passado quando uma hospedeira de bordo de 21 anos foi assassinada durante uma viagem de carro, que foi chamado através da aplicação. A vítima, segundo as autoridades, foi morta à facada e o autor do crime continua em fuga,

Segundo a agência Lusa, a aplicação já veio pedir desculpas publicamente pelo homicídio e assumiu a responsabilidade.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×