20/9/18
 
 
Produtor português vai processar Festival de Cinema de Cannes

Produtor português vai processar Festival de Cinema de Cannes

Shutterstock Jornal i 09/05/2018 17:21

Filme será exibido no dia 19 de maio

Paulo Branco, produtor português, referiu esta quarta-feira que irá processar o Festival de Cinema de Cannes por possíveis danos causados na projeção do filme ‘O home que matou D. Quixote’, de Terry Gilliam.

O produtor já explicou que não irá recorrer da decisão do Tribunal de Paris acerca da providência cautelar que impedia a exibição do filme no festival, mas que irá processar o mesmo por eventuais danos causados na projeção.

“Serão analisados os danos causados por esta projeção e Cannes será responsável desses danos”, referiu, citado pela Lusa.

O produtor tinha pedido ao tribunal para impedir a exibição do filme no festival, mas perdeu e o filme será exibido, no festival, no dia 19 de maio. No entanto, segundo Paulo Branco os direitos do filme continuam a pertencer à produtora Alfama Films.

“O juiz teve uma decisão de uma grande sabedoria, porque deu a possibilidade de o festival passar o filme, se pagarem e comunicarem publicamente que os direitos continuam da Alfama e do Paulo Branco. O juiz confirmou que qualquer interpretação outra que não seja que os direitos nos pertencem é falaciosa e errada”, explicou, acrescentando que os produtores e distribuidores não podem alterar o filme sem um acordo prévio.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×