14/11/18
 
 
Ligas. Barça quase campeão, Nápoles com a esperança em Milão

Ligas. Barça quase campeão, Nápoles com a esperança em Milão

Laura Ramires 27/04/2018 21:30

Os blaugrana só precisam de arrecadar um ponto na Galiza para serem oficialmente os sucessores do Real Madrid no trono do futebol espanhol. Por sua vez, o Nápoles, que relançou a luta pelo título no passado fim de semana, espera por um tropeção da Juve no reduto do Inter para passar para o topo da tabela nesta reta final.

Contagem decrescente para o Barcelona se sagrar o novo campeão de futebol em solo espanhol. Depois de, no passado domingo, o Atlético de Madrid ter cedido um empate caseiro em jogo com o Real Bétis (0-0), a missão ficou ainda mais facilitada para o emblema catalão. Com menos um jogo e mais 11 pontos que o clube da capital, segundo classificado na tabela, os blaugrana precisam agora de apenas um empate para se tornarem oficialmente os sucessores do Real Madrid no trono do futebol do país vizinho. Este domingo, os comandados de Ernesto Valverde vão defrontar o Deportivo da Corunha naquele que poderá mesmo vir a ser o jogo do título. Mas, enquanto o Barcelona vai à Galiza jogar para chegar ao seu 25.o troféu de campeão de Espanha – o último foi conquistado em 2015/16 –, o Deportivo segue na luta para fugir aos lugares de despromoção. Atualmente no 18.o lugar da tabela, é certo que o Deportivo já não depende só de si para sair da linha vermelha, mas ganhar é o primeiro passo para tentar chegar à 17.a posição, ocupada atualmente pelo Levante, que já permite a manutenção. 

Se o Barcelona conseguir efetivamente conquistar um ponto na Galiza, destaque para o duelo agendado para aquela que será a festa da consagração. É que na 35.a jornada, que será disputada a 6 de maio, a equipa de Messi recebe em Camp Nou... o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo. Contudo, o treinador francês dos merengues, Zidane, que parecia prever este desfecho de La Liga, já tinha abordado o assunto. “Vão perguntar-me, não sei dentro de quanto tempo, e a resposta é muito clara: não vai haver guarda de honra ao Barcelona. É uma decisão minha e está tomada. Não entendo a guarda de honra, por isso, não haverá, mas ainda estamos longe do final da época. O Barcelona rompeu com essa tradição. Já não existe”, havia dito na conferência de imprensa antes do dérbi madrileno, disputado no início do mês.

Relançada a luta pelo título na Serie A Em Itália, a vitória do Nápoles no reduto da Juventus (1-0) no passado domingo deixou relançada a luta pelo título no campeonato italiano. Numa altura em que a formação napolitana segue no segundo posto (84) com apenas menos um ponto que a atual líder Juve (85), cada ponto nestas últimas quatro jornadas que faltam disputar na liga transalpina têm um caráter decisivo. A Velha Senhora será a primeira a entrar em ação... em Milão.

Amanhã, a hexacampeã Juventus visita o reduto do Inter, atual quinto classificado, num encontro em que o Nápoles deposita grande esperança de assumir a liderança da prova. Basicamente, em caso de derrota ou empate da crónica campeã italiana em Milão, os comandados de Massimiliano Allegri deixam o primeiro lugar à disposição do plantel que conta com o defesa português Mário Rui e que, aparentemente, tem uma missão menos espinhosa. No domingo, o Nápoles desloca-se ao terreno do 9.o classificado, a Fiorentina, a saber se só depende de si para assaltar o topo da tabela da Serie A.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×