18/9/18
 
 
Ter uma vida sexual ativa pode beneficiar (muito) a sua saúde

Ter uma vida sexual ativa pode beneficiar (muito) a sua saúde

Jornal i 20/04/2018 20:00

Sabia que ter relações sexuais frequentemente ajuda a retardar o envelhecimento? Talvez não, mas há mais…

Ter uma vida sexual ativa pode trazer vários benefícios para a saúde, tanto nos homens como nas mulheres.
Reduz o nível de stress

Além do prazer associado ao sexo, este ajuda a regular a ansiedade e stress do dia a dia, uma vez que liberta dopamina e enfordina no cérebro, durante a atividade sexual, aumentando assim a sensação de bem-estar.

Previne problemas cardíacos

A homocisteína – aminoácido relacionado ao surgimento de doenças cardiovasculares – quando se produz em excesso, pode ajudar a aumentar o risco de coágulos no sangue, originando ataques cardíacos. No entanto, vários estudos sugerem que as relações sexuais podem ajudar a prevenir a acumulação de homocisteína, melhorando o fluxo sanguíneo e a circulação no corpo. Contudo, este efeito apenas foi encontrado nos homens.

Reduz o risco de câncro da próstata

É mais uma vantagem para os homens, mas ainda assim não deixa de ser importante. Os cientistas ainda não conseguiram estabelecer uma ligação causal entre o sexo e a doença, mas acreditam que a ejaculação ajude a eliminar substâncias químicas nocivas para a ‘saúde’ do órgão.

Melhora a qualidade do sono

Depois de atingir o orgasmo, o corpo libera prolactina, uma hormona que ajuda a relaxar os músculos.

Retarda o envelhecimento

De acordo com o ex-chefe de psicologia do Hospital Real de Edimburgo (Reino Unido), David Weeks a satisfação sexual é um dos principais fatores para se ter uma boa qualidade de vida. Isto, porque as pessoas que têm uma vida sexual ativa tendem a parecer mais novos do que realmente o são.

Este efeito deve-se à secreção das hormonas do crescimento humano e e de endorfinas durante o sexo, que ajudam a prevenir rugas e flacidez.

Cérebro mais desenvolvido

Estudos recentes concluíram que as pessoas que têm uma atividade sexual regular, podem ter várias funções cognitivas melhoradas, especialmente à medida que envelhecem.

Um estudo da Universidade de Oxford sugeriu que uma vida sexual ativa está associada a uma melhor memória no trabalho, fluência e função executiva.

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×