21/9/18
 
 
Presidente do Uganda quer proibir prática de sexo oral

Presidente do Uganda quer proibir prática de sexo oral

DR Jornal i 18/04/2018 15:49

Yoweri Museveni está a preparar-se para proibir a prática de sexo oral neste país, depois de ter criminalizado a homossexualidade. 

O presidente conhecido pela posição homofóbica que já o levou a criminalizar a homossexualidade quer agora tomar mais uma decisão polémica: proibir a prática de sexo oral.

Yoweri Meseveni culpa "os estrangeiros" pela banalização desta prática, que considera que é "muito errada", tendo revelado à comunicação social que já está a preparar uma campanha contra o sexo oral.

"Deixem-me aproveitar esta oportunidade para lançar um aviso público sobre as práticas erradas em que algumas pessoas participam e que são promovidas por alguns estrangeiros. Uma delas é o que chamam sexo oral. A boca é para comer, não é para fazer sexo. Nós sabemos qual é a ‘morada’ do sexo, sabemos onde é que deve ir", referiu o presidente do Uganda em discurso.´

Já em 2014, Museveni tinha manifestado a sua opinião sobre a prática de sexo oral, dizendo que esta causava lombrigas e outro tipo de parasitas no corpo.

O presidente do Uganda é conhecido por tomar decisões algo polémicas, mas ainda assim está à frente do país há mais de 30 anos.

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×