23/9/18
 
 
Iraque. Mais de 300 pessoas condenadas à morte por pertencerem ao Daesh

Iraque. Mais de 300 pessoas condenadas à morte por pertencerem ao Daesh

Shutterstock Jornal i 18/04/2018 13:24

Na segunda-feira, 11 pessoas foram enforcadas

Dois tribunais iraquianos condenaram mais de 300 pessoas à morte por pertencerem ao autoproclamado Estado Islâmico.

De acordo com o site Al Arabya, os julgamentos ocorreram em Tel Keif, perto de Mossul, e em Bagdade. Neste último tribunal, desde janeiro, 103 cidadãos estrangeiros foram condenados à morte e outros 185 a prisão perpétua, revelou fonte judicial.

Entre os prisioneiros condenados à morte, seis são mulheres turcas e uma alemã. Uma cidadã francesa foi condenada a prisão perpétua.

Já em Tel Keif, 212 foram condenadas à morte e 150 a prisão perpétua.

O Ministério da Justiça iraquiano anunciou na passada segunda-feira que 11 pessoas tinham sido enforcadas no Iraque, depois de terem sido condenadas à morte pelo crime de terrorismo. Recorde-se que, de acordo com a Humans Right Watch, o Iraque é o quarto país com mais execuções no mundo.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×