14/11/18
 
 
Aulas de surf em perigo na Caparica por falta de areia nas praias

Aulas de surf em perigo na Caparica por falta de areia nas praias

Jornal i 08/04/2018 10:48

Se reposição da areia não for feita rapidamente nas praias, aulas de surf na Caparica podem acabar.

A Costa da Caparica sempre foi um local de aprendizagem de surf, uma vez que todas as condições que as praias apresentavam eram ideais, mas isso agora está tudo em causa. A falta de areia nas praias está a condicionar as aulas de surf e a prática deste desporto.

Caso não se reponha rapidamente a areia em falta, será muito difícil que esta zona “continue a ser um local de referência", disse à Lusa o presidente da Associação de Surf da Costa de Caparica (ASCC), Miguel Gomes.

Por essa razão, há cada vez menos surfistas nesta zona, referiu ainda o presidente. "Ao não haver areia, as ondas ficam com 'backwash' [fluem na direção oposta ao normal, dirigindo-se a alto-mar] e isso impede que se faça surf".

Apesar de todos os esforços por parte da Junta da Freguesia da Costa da Caparica e da Câmara Municipal de Almada, destaca Miguel Gomes, os fundos para reverter esta situação dependem do Governo.

"Aqui quem manda é o Governo, o Governo é que tem o dinheiro que permite realizar uma intervenção mais séria e esperamos que essa intervenção seja urgente", apelou.

O presidente da associação de surf alertou também para a segurança dos surfistas que, mesmo tendo em conta a situação, continuam a arriscar entrar no mar daquelas praias.

"Quando a maré está cheia é praticamente impossível fazer surf, uma vez que as ondas batem nas pedras [do paredão] e é impossível alguém aprender a surfar assim. Além de que coloca os praticantes em perigo, porque podem magoar-se ao embater na zona empedrada", afirmou Miguel.

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×