18/9/18
 
 
Hóspede que deixou gaivotas destruírem quarto foi perdoado por hotel 17 anos depois

Hóspede que deixou gaivotas destruírem quarto foi perdoado por hotel 17 anos depois

Shutterstock Jornal i 04/04/2018 21:12

Incidente aconteceu em 2001

Nick Burchill, um canadiano, deixou entrar no seu quarto de hotel várias gaivotas que acabaram por provocar um curto-circuito, tendo sido banido do estabelecimento. Dezassete anos depois, o homem enviou uma carta a pedir desculpa pelos acontecimentos e o hotel aceitou-o de volta.

O homem, que era um elemento da Reserva da Marinha do Canadá, estava hospedado num hotel, na sequência de um evento da empresa onde trabalhava. Nick levou para os seus colegas um salame muito conhecido no Canadá, o ‘Brother’s Pepperoni’.

Quando chegou ao quarto decidiu colocá-lo num local fresco, mas como não tinha frigorífico meteu-o na janela e saiu para ir passear. Quando chegou, o quarto estava cheio de gaivotas a comer o salame que  acabaram por destruír o quarto.

O homem abriu todas as janelas para que os animais saíssem e depois decidiu chamar as empregadas para limparem o quarto.

Pouco tempo depois o homem recebeu uma carta a dizer que estava banido do hotel. Este ano, decidiu pedir desculpa e o gerente aceitou, sendo novamente bem-vindo ao hotel.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×