20/10/20
 
 
Rússia expulsa dois diplomatas espanhóis

Rússia expulsa dois diplomatas espanhóis

Jornal i 30/03/2018 18:28

Rússia expulsou os diplomatas em resposta a uma medida anunciada esta segunda-feira pelo Governo espanhol, que está solidário com o Reino Unido no caso do ex-espião russo envenenado, Sergei Skripal.

O embaixador de Espanha em Moscovo, Ignacio Ybáñez, foi esta sexta-feira convocado para se apresentar na sede do Ministério dos Negócios Estrangeiro da Rússia, para ser informado de que dois diplomatas espanhóis foram considerados 'persona non grata’ e, como tal, expulsos, avançou à Efe fonte da embaixada espanhola em Moscovo.

Durante o dia de hoje, o Governo da Rússia chamou ao Kremlin vários embaixadores dos países que expulsaram os diplomatas russos, na sequência do envenenamento do ex-espião russo, Sergei Skripal, e da sua sua filha, Yulia.

Entre os nove países chamados pelo Governo russo estão o Reino Unido, França, Alemanha, Itália e Polónia.  

"Em 30 de março, os chefes das missões diplomáticas de vários países acreditados na Federação Russa, que tomaram ações não amigáveis contra a Rússia 'em solidariedade' com o Reino Unido no caso Skripal foram convocados ao Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia", pode ler-se na nota de imprensa publicada no site do MNE russo.

 

 

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×