25/9/18
 
 
Fórmula 1. Vettel vence primeira corrida da temporada

Fórmula 1. Vettel vence primeira corrida da temporada

Laura Ramires 25/03/2018 19:07

O piloto alemão venceu hoje, em Melbourne, o GP da Austrália e atirou Hamilton, atual campeão em título, para o segundo posto

Tal como se perspetivava, a primeira corrida da temporada do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 ficou este domingo marcada pelo duelo entre os dois pilotos tetracampeões mundiais, Sebastian Vettel (Ferrari) e Lewis Hamilton (Mercedes).

Contudo, esta madrugada, na Austrália foi o piloto alemão a levar a melhor. Em Melbourne, Vettel saiu vencedor do Grande Prémio da Austrália, deixando o britânico, que partiu na pole position, no segundo posto, com uma diferença de cerca de cinco segundos (5,036 segundos).

Com o triunfo, Vettel conquistou a sua terceira vitória no Circuito de Melbourne, a 48.ª vitória da carreira, e o seu 100.º pódio.

“Tivemos um pouco de sorte com o ‘Safety Car’” Apesar de ter arrecadado a vitória, Vettel tem consciência de que hoje a sorte esteve do seu lado. Depois de ter partido da segunda posição da grelha, e de ter sentido dificuldades na primeira parte da corrida, Vettel viu o rival da Mercedes, que defende o estatuto de campeão mundial em título, e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), que terminou no 3.º posto, afastarem-se.

Todavia, e numa altura em que o triunfo parecia já uma miragem para o alemão, atual vice-campeão do mundo, eis que a entrada do ‘safety car’ virtual, após a desistência do francês Romain Grosjean (Haas), viria a mudar o rumo da primeira prova da época 2018.

“Não estivemos no ponto durante o fim de semana, mas esta vitória oferece-nos um bom começo. Tivemos um pouco de sorte com o ‘timing’ do Safety Car e obviamente isso foi a chave da nossa vitória. Tivemos corridas no ano passado em que foi ao contrário. Desta vez calhou-nos a nós”, admitiu após ter subido ao lugar mais alto do pódio.

"Fiz tudo o que podia" Por sua vez, no final da corrida, Hamilton disse estar “incrédulo” com a forma como saiu derrotado de Albert Park, tendo inclusivamente questionado a sua equipa se tinha havido algum erro de cálculo que deixou que Vettel saísse à frente após a paragem nas box para trocar pneus.

“Hoje fiz tudo o que podia. Ainda não acredito bem porque ainda não percebi bem o que aconteceu. Descobrirei. Neste fim de semana houve tanta conversa sobre ‘modo de festa’ ou se a Ferrari podia ser suficientemente rápida. Não penso que a diferença tenha sido tão grande como pareceu ontem [sábado, na qualificação]”, disse o britânico. No sábado, e após a qualificação, a conferência de imprensa tinha ficado marcada pelas palavras de Vettel. O alemão havia dito que a Mercedes podia ter o seu ‘Party Mode’ no sábado, porque ia tentar que a verdadeira festa fosse deles (Ferrari), no domingo.

“Dei luta até final, mas eles estavam dentro do mesmo décimo de nós hoje. Pelo menos, cá no fundo sei que dei tudo neste fim de semana. Sei que a equipa está ferida nesta altura, mas vamos recuperar”, acrescentou ainda Hamilton, campeão mundial em 2008, 2014, 2015 e 2017. 

A segunda prova do Mundial de Fórmula 1 está agendada para dia 6 de abril, com o GP do Bahrain.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×