26/9/18
 
 
Benfica. Gabinete de crise pretende ajudar a acabar com a “paródia” à volta do clube

Benfica. Gabinete de crise pretende ajudar a acabar com a “paródia” à volta do clube

Laura Ramires 13/03/2018 08:26

Esta segunda-feira ficou marcada por ser o primeiro dia do gabinete de crise do clube da Luz. Departamento já existia, mas foi agora reforçado

O “gabinete de crise” anunciado por Luís Filipe Vieira após o jogo do Benfica com o Desportivo das Aves corresponde nada mais nada menos que a um reforço no departamento jurídico do clube da Luz – uma decisão tomada pelo presidente das águias que tem como objetivo dar vazão a todos os processos que pretendem sejam instaurados, bem como aos que já foram entregues. Com isto, o tetracampeão nacional pretende acelerar as investigações relacionadas com supostos crimes de violação informática, entre eles e-mails com informação confidencial trocada entre os principais responsáveis do Benfica.

De acordo com o desportivo “A Bola”, o gabinete de crise está longe de ser uma novidade no Benfica. O departamento, que já cumpria funções antes de ser oficialmente anunciado pelo líder dos encarnados, é, segundo o desportivo nacional, coordenado por João Correia, advogado que lidera um grupo de trabalho composto pelos escritórios de advogados mais reconhecidos em Portugal. São eles o escritório Vieira de Almeida e Associados, Abreu Advogados e Correia, Seara, Caldas, Simões e Associados.

Basicamente, a grande alteração prende-se com o reforço que foi efetivamente feito nesta área para conseguir fazer frente a todos os que colocarem o nome da marca Benfica em causa.

“Aqueles que mancharam o nome do Benfica serão severamente penalizados. Alguns dos comentários que já ouvi entristecem-me. Quem colocar em causa o nome do Benfica, agiremos criminalmente, sejam administradores ou jornalistas, não perdoaremos. Acabou a paródia à volta do Benfica. Venderam-se muitos jornais, as audiências subiram, mas isso acabou. A partir de segunda-feira, o Benfica terá um gabinete de crise para responder de imediato. Acabou”, havia garantido Luís Filipe Vieira após a vitória dos encarnados por 2-0 no passado sábado. De acordo com o mesmo desportivo, Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, será um dos principais visados do novo núcleo encarnado.

Dentro das quatro linhas Entretanto, ontem durante a tarde, o diário britânico “The Independent” deu como certa a entrada de Marco Silva para o lugar de Rui Vitória no comando técnico das águias na próxima temporada. De acordo com a publicação, o ex-treinador do Watford já chegou mesmo a recusar várias ofertas de outros clubes da Premier League para estar livre para abraçar o projeto encarnado.

Segundo o britânico, há muito que o Benfica segue o treinador que saiu dos comandos do Sporting em 2015, tendo depois dos leões orientado os gregos do Olympiacos e ainda os ingleses do Hull City e do Watford. Recorde-se que Marco Silva foi despedido do Watford a 21 de janeiro “após abordagem indesejada de um rival”, o Everton, segundo escreveu a imprensa inglesa.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×