19/11/18
 
 
A mota de água de Jimmy Kimmel... e os discursos mais curtos de sempre dos Óscares

A mota de água de Jimmy Kimmel... e os discursos mais curtos de sempre dos Óscares

Jornal i 05/03/2018 07:02

Mark Bridges fez, segundo o cronómetro de Jimmy Kimmel, o discurso mais curto da 90.ª edição dos prémios da Academia de Cinema norte-americana. Ainda assim, houve em 90 anos de História, discursos bem mais curtos. Como estes dez, feitos em menos de dez palavras.

No final do monólogo de abertura da cerimónia dos Óscares de 2018, o anfitrião Jimmy Kimmel prometeu uma mota de água ao vencedor que fizesse o discurso mais curto. "Antes de começarmos a entregar os prémios, vamos fazer as coisas de forma um bocadinho diferente, porque a primeira cerimónia dos Óscares – e isto é verdade – durou 50 minutos. Do início ao fim. Ainda assim, as pessoas queixaram-se", começou por dizer o anfitrião, de cronómetro na mão. 

"Portanto, se ganharem um Óscar esta noite, queremos que no vosso discurso digam o que sentem, queremos que falem com o coração [...] Agradeçam aos vossos pais, digam aos vossos filhos para irem para a cama, o que dizem é convosco, não têm que mudar o mundo. Façam o que quiserem. Dito isto, esta é uma cerimónia realmente longa. Então, eis o que vamos fazer: quem fizer o discurso mais curto esta noite, irá para casa com...” Uma mota de água, no valor de 17.999 dólares. “A Helen Mirren não está incluída. Para quê desperdiçar tempo precioso a agradecer à vossa mãe quando podem usá-lo na corrida da vossa vida numa mota de água? Isto não é uma piada. Vou estar a contar, tenho um cronómetro, e em caso de empate, tenho a dizer que a mota de água vai para o Christopher Plummer”.

No final, Jimmy Kimmel cumpriu. E a cerimónia terminou com a entrega da mota de água a Mark Bridges, vencedor do Óscar de Melhor Guarda-Roupa por “A Linha Fantasma”. 

Ainda assim, houve em 90 anos de História de Óscares discursos mais curtos. Como os dez que se seguem, feitos em menos de dez palavras:

 

1. ALFRED HITCHCOCK (1968) - número total de palavras: 5

2. JOE PESCI (1991) - Número total de palavras: 5

3. PATTY DUKE (1963) - Número total de palavras: 2

 

4. WILLIAM HOLDEN (1954) - Número total de palavras: 4

5. GLORIA GRAHAME (1953) - Número total de palavras: 4

6. LOUIE PSIHOYOS (2010) - Número total de palavras: 2

7. DIMITRI TIOMKIN (1953) - Número total de palavras: 6

8. ALFRED NEWMAN (1953) - Número total de palavras: 4

9. DELBERT MANN (1956) - Número total de palavras: 8

10. BILLY WILDER (1961) Número total de palavras: 10

 

 

 

 

 

 
Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×