24/5/18
 
 
Portugueses em destaque na Champions Asiática

Portugueses em destaque na Champions Asiática

Laura Ramires 14/02/2018 09:30

Paulo Sousa, Vítor Pereira e Jesualdo Ferreira entraram esta terça-feira a vencer nos respetivos encontros da fase de grupos da competição

O trio de treinadores portugueses presentes na Super Liga Chinesa entrou ontem da melhor maneira na primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões asiática. Paulo Sousa, Vítor Pereira e Jesualdo Ferreira venceram os seus encontros e lideram os respetivos grupos da prova.  

Com o pé direito

Paulo Sousa, que chegou em novembro ao comando técnico do Tianjin Quanjian para render o italiano Fabio Cannavaro, estreou-se com uma vitória por 3-0 sobre o Kitchee, conjunto de Hong Kong. Os golos do plantel orientado pelo português, que já foi campeão de Israel e da Suíça, foram apontados num período de 7 minutos e todos na primeira metade. 

Nem quatro minutos depois de Anthony Modeste inaugurar o marcador (aos 32’), Paulinho facilitou a missão do Tianjin Quanjian ao assinar um autogolo. Sun Ke foi o autor do último golo do encontro aos 39’. Com o triunfo, o Tianjin Quanjian lidera o grupo E, com os mesmos três pontos do que os sul-coreanos do Jeonbuk, que bateram em casa os japoneses do Kashiwa, por 3-2.

Pereira volta a vencer

O mesmo facilitismo não se verificou no desafio proposto ao Shanghai SIPG, vice-campeão da Liga chinesa na última temporada. 

O grupo comandado por Vítor Pereira, que sucedeu em dezembro de 2017 a André Villas-Boas, arrancou a vitória pela margem mínima no reduto dos japoneses do Kawasaki Frontale. O brasileiro Elkeson foi o autor do único golo da partida e o responsável pela equipa de Xangai liderar de forma isolado o grupo F já que os sul-coreanos do Ulsan Hyundai e os australianos do Melbourne Victory, que completam o lote, empataram a três bolas em Melbourne. 

Esta foi a segunda vitória no mesmo número de encontros do treinador portuense à frente do Shanghai SIPG, depois de ter vencido, também por 1-0, os tailandeses do Singha Chiangrai United na 3.ª eliminatória da competição. 

O último português a entrar em ação foi Jesualdo Ferreira com o Al Sadd, emblema do Qatar que orienta desde 2015. O conjunto orientado pelo luso de 71 anos foi ao Dubai vencer o Al Wasl por 2-1. Depois de ter estado em desvantagem, com um golo de Fábio Lima aos 26 minutos, o avançado argelino Baghdad Bounedjah bisou no fim do encontro (79 e 90 minutos), garantindo ao Al Sadd o primeiro lugar do grupo. 

Campeonato

A Super Liga Chinesa, que irá arrancar em março e contará com o trio luso em prova, ficou nos últimos três anos marcada pela hegemonia de Scolari. Recorde-se que o treinador brasileiro que abandonou o comando técnico do Guangzhou Evergrande no final da temporada transata foi tricampeão ao serviço do clube. 

Os estádios cheios e o calor dado pelos adeptos aos jogadores foram a receita secreta para a conquista dos troféus, revelou o antigo treinador da Seleção nacional.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×