22/9/18
 
 
Premier League. Da angústia de Mourinho à euforia de Carvalhal

Premier League. Da angústia de Mourinho à euforia de Carvalhal

DR Laura Ramires 02/02/2018 16:49

Os red devils foram a Wembley levar com um balde de água fria e deixar o City ainda mais descansado na corrida ao título enquanto os swans surpeenderam - e de que maneira! - os comandados de Wenger. Este fim de semana há mais

O Manchester United chegou oficialmente àquela fase da prova em que manter a dignidade é a única coisa que interessa. O título há muito que está entregue ao City e, por isso, aos red devils resta garantir que a distância atual de 15 pontos para o líder não aumenta e, se possível, assegurar também o posto de vice-campeão. A derrota imposta pelo Tottenham aos comandados do técnico português foi a quarta a contar para o campeonato. Antes de ceder perante os spurs, Mourinho e companhia não conseguiram colecionar qualquer ponto com o rival de Manchester, o Chelsea e o Huddersfield Town. Curiosamente é com este último emblema que o United vai medir forças amanhã na 26.ª jornada da prova. O Huddersfield está instalado no 17.º lugar, uma posição acima da linha vermelha, sendo que, em caso de vitória do United, quem pode mesmo beneficiar do resultado é... o Swansea, de Carlos Carvalhal.

Ao contrário da angústia de Mou, o segundo residente luso nesta liga só tem motivos para sorrir. O ex-técnico do Championship está a fazer um percurso brilhante desde que aterrou nos cisnes, há um mês. Carvalhal chegou ao Swansea quando o clube ocupava a última posição da tabela e garantiu que não era preciso um milagre. Na altura muitos duvidaram, mas agora o Special One parece mesmo ser ele. Em 8 jogos à frente dos cisnes, o ex-treinador do Sporting só perdeu um. Mais do que isso, Carvalhal tem sido um verdadeiro papa gigantes: em uma semana, os cisnes derrotaram o Liverpool e o Arsenal, missão que não está propriamente ao alcance de qualquer emblema. Este sábado o Swansea visita o terreno do Leicester, que conta com o internacional português Adrien Silva, com a consciência de que está a um ponto de sair da zona negra. 

Ainda na 26.ª jornada, a não perder será também o encontro deste domingo entre o Liverpool e o Tottenham, terceiro e quinto classificados da Premier League.

Quem fica a rir é o Barcelona Em solo espanhol, o Atlético de Madrid recebe este domingo o Valência do internacional português Gonçalo Guedes. O emblema de Madrid é atual segundo classificado da Liga espanhola, com mais 6 pontos que a turma orientada por Toral, que foi goleada, recorde-se, na última jornada pelos merengues de Cristiano Ronaldo. Este duelo entre o segundo e terceiro classificado pode deixar, em caso de empate, o Barcelona cada vez mais só na liderança. Ou, por outro lado, permitir que a formação de Zidane, que continua a 19 pontos do emblema catalão, ocupe o último lugar do pódio. 

Mónaco tenta voltar à zona dos campeões Na Ligue 1, o Mónaco de Leonardo Jardim recebe este domingo o Lyon, atual segundo classificado da prova. Atualmente no lugar que dá acesso à Liga Europa, o clube do principado está a um trinfo de se colocar na zona reservada aos clubes de Liga dos Campeões. Apesar de o campeonato francês estar dominado pelo Paris-Saint Germain, que segue na liderança com uma vantagem de 11 pontos, a disputa pelo acesso às provas europeias continua ao rubro.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×