22/9/18
 
 
Número de veterinários aumenta e preços mantêm-se

Número de veterinários aumenta e preços mantêm-se

30/01/2018 18:32

Estudo da federação de veterinários põe Portugal na liderança da Europa.

Além de estar a ganhar espaço o amor pelos animais, está a aumentar também a atenção que muitos têm com eles. De acordo com a Ordem dos Médicos Veterinários, há cada vez mais profissionais desta área em Portugal. “O número de médicos veterinários tem vindo a aumentar”, começa por explicar fonte oficial, acrescentando em relação aos preços das consultas: “Mantêm--se, não havendo aumentos significativos mas, muitas vezes, algumas reduções.” 

Ainda assim, para alguns, o preço a pagar por uma consulta pode ser mais do que deveria e foi a pensar nisto que Sandra Cardoso se transformou na pioneira da defesa animal. De acordo com o “Expresso”, foi em 2015 que esta veterinária abriu o primeiro hospital veterinário solidário do país, no Lumiar, em Lisboa. A ideia de Sandra Cardoso foi permitir às pessoas carenciadas tratarem os seus animais com custos mais baixos. “Este é um hospital aberto a toda a gente. Com uma tabela de preços igual a todos os outros. O lucro é para [ajudar] aquelas pessoas que têm a tabela três, comprovadamente carenciadas. E uma pessoa carenciada não é aquela que tem dificuldades porque paga a casa e o carro, porque senão somos todos. É quem não tem nada e que recebe o rendimento de inserção social, ou que vive de abonos, com problemas sociais graves, no limiar da pobreza [e que tem um animal para ser tratado].” 

O tema dos veterinários tem sido debatido nos últimos anos. De acordo com um site da especialidade, em 2015, a Federação de Veterinários da Europa (FVE), “consciente das mudanças no panorama veterinário europeu”, realizou um estudo [de 2015] sobre a empregabilidade e demografia veterinária. “No total estima-se que existam cerca de 243 mil médicos veterinários nos países abrangidos pelo estudo, correspondendo a 3,8 médicos veterinários por cada 10 mil habitantes. Estima-se haver 157 milhões de animais de companhia e 342 milhões de animais de produção e equinos nos mesmos países. O número de membros ativos indicado inicialmente por Portugal para este estudo foi de 5000, mas os dados atuais apontam um valor de 5504 membros ativos.”

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×