19/11/18
 
 
Regime Nazi. Historiadora defende que os manuais escolares incluam dados sobre portugueses vitimados

Regime Nazi. Historiadora defende que os manuais escolares incluam dados sobre portugueses vitimados

Jornal i 22/01/2018 11:52

Investigações recentes revelaram que o regime nazi vitimou centenas de portugueses

Cláudia Ninhos é uma das historiadoras da equipa internacional do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa que, com coordenação do historiador Fernando Rosas, descobriu várias vítimas portuguesas do regime nazi. E agora, vem defender a inclusão das suas histórias nos manuais escolares.

"Os novos dados ainda não foram introduzidos nos manuais, mas espero que sejam. Uma ideia que era muito desenvolvida pela Estado Novo era a imagem de um chefe de Estado (Salazar) que conseguiu salvar os portugueses dos horrores da guerra e a nossa investigação veio mostrar exatamente o contrário: houve portugueses envolvidos e o regime sabia", disse à Lusa a historiadora.

"Se virmos bem, o que o nosso projeto veio trazer foram dados que indicam que não foram apenas alguns portugueses, mas centenas de portugueses que foram envolvidos no turbilhão da guerra: quer no trabalho forçado, quer como prisioneiros de guerra, quer no próprio sistema concentracionário e isso ainda não tinha sido trazido para a ribalta pela investigação historiográfica", acrescentou.

Recorde-se que a investigação resultou na colocação, pelo Estado português, de uma placa em homenagem aos portugueses vitimados durante o regime no antigo campo de concentração de Mauthausen, na Áustria, em maio de 2017.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×